Como escrever um texto que performa bem no Google

Como escrever um texto que performa bem no Google pode parecer uma tarefa muito difícil, mas na verdade é o contrário.

Existe muito conteúdo sobre isso na internet, o que eu acho bom e ruim e pelo mesmo motivo. É bom porque tem muita referência e é ruim porque tem muita referência e você acaba não sabendo o que seguir.

Se você se atentar a regra do 80/20, você irá organizar um texto simples e bonito e que todo mundo acha relevante.

Aqui vão umas regrinhas para você ficar no 80/20 e se sair bem. Aproveite!

Você pode também se cadastrar em nosso site e começar a escrever agora mesmo. Nosso foco é em profissionais de saúde e assuntos relacionados a saúde. Aproveite, é gratuito.

Basicamente, como o Google Funciona?

Bem basicamente, o google somente “enxerga” texto. Então tudo o que você posta, incluindo imagens ou vídeos, é convertido em texto pelos algoritmos do google. Também, ele analisa um conteúdo com relação a relevância. Para isso, ele “entende” o assunto do texto, através das palavras chaves, e analisa também o que as pessoas acham sobre este texto. Então ele cria a relevância do texto para determinado assunto.

É importante entender que um texto é relevante para determinado assunto. Por isso é importante o conceito de “palavra-chave”, que é a maneira que o Google entende a relevância do texto.

Ainda, o Google Ama conteúdo autêntico e novo. Então, nada de cópias e sempre mantenha constância.

Primeiro o planejamento.

Planejar é tudo. Identifique sobre o que você quer escrever antes de mais nada. Uma recomendação é escrever sobre um assunto que você domine, que não demande muito tempo de pesquisa.

Mas se você tem um pouquinho de jornalista em seu sangue, você pode fazer uma pesquisa e escrever baseado nas fontes. O perigo aqui é a veracidade da fonte. Hoje muita gente escreve o que quer na internet. Sempre verifique se a fonte é confiável para basear-se nela.

Procurando Inspiração

Algumas fontes de assuntos podem te gerar inspiração. Você pode ver textos em outros blogs e escrever, com suas próprias palavras, colocando seu ponto de vista no texto, ou mesmo fazendo resumos de vários textos.

Lembre-se: O Google ama conteúdo ORIGINAL e NOVO. Então publicar assuntos com suas próprias palavras é fundamental. Também, quanto mais publicar, melhor ficará ranqueado.

Outra forma é basear-se em vídeos, e fazer o que chamam de “transcript“. Você escreve um resumo sobre o assunto do vídeo (ou mesmo escreve mais que um resumo, colocando outras informações que não estão no vídeo) e então monta seu texto.

Ainda sobre vídeos, ao invés de fazer o “transcript“, você pode fazer um texto com sua opinião sobre o assunto.

Uma boa prática é sempre divulgar o Vídeo. Verificar a fonte é primordial para uma escrita de qualidade.

Organizando os assuntos

Uma estratégia é fazer uma planilha no Excel com cada assunto que deseja publicar. E ai marque se já publicou ou não o texto. Isto te ajuda a organizar as ideias, ver o que já publicou e o que falta publicar.

Esta planilha também pode te ajudar a controlar a palavra-chave, os títulos e outras coisas que achar relevante.Como escrever um texto que performa bem no Google

Escolha da palavra chave.

Com o assunto escolhido, o próximo passo é escolher a palavra chave. A palavra chave é uma palavra  que você vai usar várias vezes no texto, em lugares chave, para que os buscadores consigam identificar o assunto chave de seu texto. Por isso ela é a palavra chave 🙂 Ela é importante porque é através dela que o Google entende o assunto do seu texto.

E a partir daí, ele vai analisar sua relevância.

Cuidado para não repetir excessivamente ela no texto, que pode ficar muito chato para o leitor acompanhar a leitura.

Sempre estaremos entre “ranquear bem no Google” e ser uma leitura de qualidade para as pessoas. O Google é um robô, analisa certos pontos no seu texto. As palavras chaves são um ponto. Porém, se repetir algo muito forçado, o texto ficará ruim de ler e perderá a relevância para o Leitor. Consequentemente, seu ranqueamento no Google irá diminuir.

Uma outra alternativa é utilizar uma “frase chave”. Então esta frase irá aparecer nos lugares chave do texto e os buscadores irão encontrá-lo quando algum usuário digitar a frase exata ou algo similar.

Lugares chave do texto.

Como escrever um texto que performa bem no Google

Exibição da busca por “Palavra Chave” no Google.

Os lugares chave onde sua palavra ou frase chave do texto devem aparecer são:

Título: utilizar no ínicio do título, se possível.

Subtítulo: Também utilizar no ínicio, se possível.

No primeiro parágrafo: Quanto antes melhor, se puder iniciar com ele ficará perfeito.

PS: A título de conhecimento, o melhor lugar é no início do Título, subtítulo e primeiro parágrafo simplesmente porque é a maneira que o Google exibe os resultados.

Pesquisando palavra chave no Google, ele mostra primeiro os títulos que tem ela no início, depois ele olha para o descritivo, este pequeno texto abaixo.

Na verdade, dá para configurar este texto diferente, mas caso não seja configurado, ele irá exibir o primeiro parágrafo.

Estrutura do Texto.

Assim, seu texto terá a seguinte estrutura:

Título do texto

Estar entre 2 e 6 palavras, não mais do que 70 Caracteres. Deve conter a palavra (ou frase) chave escolhida.

Escrever títulos que chamem a atenção e causem impacto, só cuidado com o sensacionalismo.

Uma estratégia são títulos baseados em dados, ou Data-Driven. Por exemplo:  “75% do seu tempo de vida é você quem manda”.

Outra estratégia, é forçar um propósito com objetivo: “Quer viver mais e melhor? 75% da responsabilidade está com você” ” 6 estratégias comprovadas para aumentar 300% tráfego”.

Outras dicas para aplicar aos títulos:

– O título é uma parte em que você precisa investir tempo para ficar melhor e melhor

– Escrever 25 títulos para o mesmo texto, até encontrar o certo.

– Não seja tão esperto. Quanto mais esperto, mais isso pode causar confusão. Quanto mais simples, melhor.

– Não dê a história completa no título, gere curiosidade.

– Contratar alguém para revisar os títulos dos textos (esta vale quando você não tiver tempo de escrever seus textos – e tiver recursos para isso)

Subtítulo do texto

Pode ser um pouco maior. Ele é uma breve explicação breve sobre o tema (contendo a palavra chave escolhida).

Conteúdo do Texto

Uma maneira de deixar o conteúdo mais leve e de fácil leitura é dividí-lo em subtópicos, outlines ou em ter a estrutura de tópicos.

Desta forma, você terá algumas seções no texto.

Introdução

A introdução não precisa ter um subtópico escrito introdução (o mesmo serve para a conclusão), mas ela deve introduzir o leitor ao texto.

Por isso, considere como introdução o parágrafo inicial do texto. Algumas dicas são valiosas:

– Não utilizar o título “Introdução”;

– Utilizar a palavra chave pelo menos 1x na introdução;

– Deixar claro o objetivo do texto, o que o leitor irá encontrar;

– Não dar tudo no trecho inicial (ou imagem do texto). Gerar a curiosidade para o leitor continuar lendo.

– Chamar a atenção do leitor com uma pergunta, ou gerar uma dúvida, que será respondida durante o texto.

Outline – Estrutura de Tópicos do texto

Como escrever um texto que performa bem no Google - Estrutura de Tópicos

No sistema Worpress, começar a estrutura de Tópicos pelo Cabeçalho 2 e seguir a estrutura normal “Cabeçalho 3”, 4, etc.

Os outlines, ou estrutura de tópicos, servem para dividir os assuntos a serem tratados no texto. No nosso editor, o WordPress, nunca use o cabeçalho 1, ele já é utilizado automaticamente no título do texto. Comece a partir do cabeçalho 2.

Algumas dicas são importantes para esta seção:

– Usar quantos tópicos for preciso para alcançar o objetivo do texto;

– Utilizar a palavra chave pelo menos em um dos tópicos;

– Parágrafos pequenos, de 3-4 linhas (textos contínuos são de difícil leitura no celular)

– Figuras posicionadas abaixo de cada outiline, com legendas (Utilizar figuras com resolução entre 600px e 800px de largura)

Conclusão

Como dito anteriormente, o ideal é não utilizar a conclusão como outline (ou título de um subtópico), mas sim ela ser o parágrafo final do texto.

Algumas dicas para escrever uma conclusão empolgante:

– Resgatar o objetivo do texto e concluir;

– Dê preferência, faça uma chamada para os leitores deixarem seus comentários sobre o assunto: “Você também já doou sangue? Compartilhe sua experiência deixando um comentário”.

– Você pode inserir links para outras leituras (publicações antigas, vídeos, seu perfil, etc.)

Imagem principal do texto.

A imagem principal é aquela que vai junto com seu texto na divulgação. Você pode ter até outras imagens no texto, mas é ela que vai chamar a atenção do leitor para seu texto. Por isso, as dicas abaixo valem ouro:

– Gaste tempo em escolher a imagem;

– Ninguém se importa com a sua logo, as pessoas querem drama;

– As pessoas tem interesse em imagens de políticos;

– A coisa mais gracinha do mundo chama a atenção (carinhas fofas, bebês, cachorrinhos e gatinhos fofos, etc.)

– Close de caras estranhas – assim como as gracinhas, os estranhos também chamam a atenção.

O nome da imagem importa

Como dito anteriormente, o Google “enxerga” apenas texto. Então, o título da imagem é importante. Se você colocar algo como 002132131312.jpeg, o Google não conseguirá verificar o assunto da sua imagem. Então, a sugestão é colocar a palavra chave também no nome. Separe as palavras por traços.

Um exemplo é, se o texto é sobre “Saúde e bem Estar”, você pode utilizar o nome saude-e-bem-estar-foto1.jpeg. Ainda, você pode adicionar o nome do blog, como por exemplo:

rais-life-saude-e-bem-estar-foto1.jpeg

As possibilidades são inúmeras, o importante é colocar o título com relevância ao seu texto.

Trabalhar com legendas, também é uma alternativa. Lembre-se sempre te utilizar a palavra chave o máximo possível. Sempre atentando para não ficar muito forçado no texto.

No wordpress você pode editar detalhes da Imagem, colocar um texto alternativo “que o google também interpreta”, legendas ou títulos.

A mesma coisa funciona para os vídeos que você subir em seu servidor. No caso de vídeos do YouTube, a estratégia é diferente.

Outras considerações Gerais para o Texto.

– Definir as Hashtags no final do texto (palavras relacionadas, que aparecem algumas vezes no texto e que tem relação com o assunto) separadas por vírgulas

– O texto deve ter o mínimo de 500 palavras. O ideal é estar entre 2000-4000 palavras – Novamente aqui o dilema: Quanto maior o texto, melhor para o Google, pior para o leitor. Uma alternativa é utilizar fotos entres os subtópicos do texto. Quando o texto é muito grande, fica quase que obrigatório trabalhar com subtópicos.

– Leia, re-leia e revise, não poste artigos com erros de português :/

– Salve o artigo e publique somente no dia seguinte para evitar erros

– Escrever em forma de conversa e informal. Fazer todo mundo te entender (como na 5a serie)

– Fazer parágrafos pequenos (entre 3 e 4 linhas)

– Usar itálico para dar atenção a alguma frase

– Não seja estridente; permitir que as pessoas formem suas próprias opiniões

– Não machucar as pessoas: conteúdo emocional deve ser focado em emoção, surpresa, e até mesmo a raiva, mas nunca tristeza

– Não sexualizar ou ir para “choque e pavor”, títulos que sua mãe iria desaprovar

– Quantidade de posts por dia importa:  Ter constância nas publicações, publicar sempre as mesmas quantidades de posts

– Avalie a interação dos usuários com os posts dos escritores: Shares, views e comentários. Escreva sobre o que está em alta.

– Cobrir tópicos que são tendências, se tem algo na mídia, fazer uma reportagem sobre (http://www.google.com/trends/)

– Tópicos que não são controversos geram mais interação na mídia social (não ofenda as pessoas)

– A sua rede pessoal influencia e pode ajudar no share do conteúdo. E você deve expandir seu networking

– Utilizar frases que façam as pessoas pertencerem a uma causa, ideia (estou dentro, para confirmar).

Agora que você já aprendeu várias dicas e regrinhas de como escrever um texto que performa bem no Google é só praticar, então, que tal se juntar a nós? Para saber se você pode fazer parte deste time leia o nosso texto “Divulgação do trabalho para profissionais de saúde” onde você encontrará, inclusive, o objetivo do blog, tenho certeza que você irá adorar e depois mãos a obra, é só começar!

559total visits,19visits today

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Para Você