Um pouco sobre os Transtornos de Ansiedade.

Os transtornos de ansiedade compartilham características de medo e ansiedade excessivos.

14/11/2014

Os transtornos de ansiedade compartilham características de medo e ansiedade excessivos. O fato de serem excessivos tem como consequência alterações do comportamento. Mas o que seria medo e ansiedade?

O medo seria uma resposta emocional a uma ameaça real ou percebida. Por exemplo,  quem nunca esteve andando pela calçada e percebeu o portão de uma casa aberto e, quando olha para dentro deste portão, percebe um cachorro já preparado para o ataque?

A ansiedade seria a antecipação de uma ameaça futura. Um exemplo de como a ansiedade se manifesta seria aquele “friozinho” na barriga antes de um compromisso importante, como uma entrevista de emprego.

Veja Também: RAIS Data – Porque os profissionais da saúde são sempre indispensáveis

Quais são os sintomas característicos do Medo e da Ansiedade?

O que se percebe nas duas situações é que a função em comum seria a de proteção do ser humano.

O que se percebe nas duas situações é que a função em comum seria a de proteção do ser humano.

O que se percebe nas duas situações é que a função em comum seria a de proteção do ser humano. Estas, não são percebidas somente no homem, mas também em outras espécies de mamíferos. Tanto o medo como a ansiedade podem gerar sintomas.

Alterações como elevação da pressão arterial e da frequência cardíaca e o aumento de fluxo sanguíneo para os músculos ativos são mais frequentes no medo, onde o indivíduo deve estar preparado para a fuga ou para luta.

Veja Também: Como é o nome daquele remédio mesmo?

Já a ansiedade estaria mais relacionada a tensão muscular e vigilância. A ansiedade é uma reação normal ao estresse. Ela pode ajudar uma pessoa a lidar com uma situação difícil, por exemplo, no trabalho ou na escola.

Quando a ansiedade se torna excessiva, pode ser classificada como um transtorno de ansiedade, sendo necessária a avaliação de um médico.

Recomendamos para você:  Conheça como é realizado o exame de DNA para paternidade.

Existem alguns casos que são mais conhecidos de transtornos de ansiedade.

Entre os transtorno de ansiedade mais conhecidos estão o transtorno de pânico, a ansiedade generalizada e a fobia social.

Entre os transtorno de ansiedade mais conhecidos estão o transtorno de pânico, a ansiedade generalizada e a fobia social.

Entre os transtorno de ansiedade mais conhecidos estão o transtorno de pânico, a ansiedade generalizada e a fobia social. O transtorno de pânico é caracterizado por ataques recorrentes de ansiedade grave. Geralmente, um ataque apresenta sintomas de palpitações, dor no peito, sensação de asfixia, tontura e medo secundário de morrer, perder o controle ou ficar louco.

Um ataque de pânico com frequência é seguido por um medo persistente de ter outro ataque. O transtorno de ansiedade generalizada os pacientes têm queixas de sentimentos contínuos de nervosismo, tensão muscular, tremores e preocupações e pressentimentos como o medo de que um parente irá adoecer ou sofrer um acidente.

A fobia social está centrada em torno de um medo de expor-se a outras pessoas, levando à evitação de situações sociais. Fobias sociais estão usualmente associadas à baixa autoestima e ao medo de críticas. Em situações sociais, estes paciente experimentam sintomas de rubor facial, tremores, náuseas, entre outros.

Veja Também: Sejam bem-vindos ao blog Rais!

O tratamento dos transtornos ansiosos é  realizado com o uso de antidepressivos e terapia. Pessoas com estes sintomas devem procurar atendimento médico e psicológico nas unidades básicas de saúde. Caso o médico da unidade de saúde ache necessário, os pacientes podem ser encaminhados para tratamento especializado com o psiquiatra.

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Formado na PUC-PR em 2010 e Médico Residente de Psiquiatria da Secretaria Municipal de Saúde de São José dos Pinhais
CRM-PR 27722

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários