Dia Mundial da Saúde Mental: metade dos casos de transtorno mental surge até os 14 anos, alerta OMS

Segundo a organização, a prevenção começa com o conhecimento e a compreensão dos primeiros sinais e sintomas de alerta de transtornos mentais

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou hoje, Dia Mundial da Saúde Mental, que metade dos casos de transtorno mental surge até os 14 anos de vida, entretanto, a maioria não é detectada ou tratada.

De acordo com a organização, a segunda principal causa de morte entre pessoas de 15 a 29 anos é o suicídio. Além dele, o uso de álcool e drogas ilícitas é uma questão que também merece atenção, e que pode estar relacionado também a comportamentos de risco como sexo sem proteção e direção perigosa.  Transtornos alimentares, de acordo com a entidade, também são fontes preocupantes.

“Felizmente, há um crescente reconhecimento da importância de ajudar os jovens a construir a resiliência mental, desde as primeiras idades, a fim de lidar com os desafios do mundo de hoje. Crescem as evidências de que promover e proteger a saúde do adolescente traz benefícios não apenas à saúde deles, tanto a curto como a longo prazo, mas também às economias e à sociedade, com jovens adultos saudáveis capazes de fazer contribuições maiores à força de trabalho, famílias, comunidades e sociedade como um todo”, informou a OMS, através de comunicado.

Prevenção

De acordo com a OMS, é possível contribuir para a construção de uma resiliência mental desde cedo, buscando a prevenção do sofrimento mental entre adolescentes e jovens adultos. Segundo a entidade, ela começa com o conhecimento e a compreensão dos primeiros sinais e sintomas de alerta de transtornos mentais.

A organização destaca que “pais e professores podem ajudar a construir habilidades em crianças e adolescentes para ajudá-los a lidar com os desafios cotidianos em casa e na escola. O apoio psicossocial pode ser fornecido em escolas e outros ambientes comunitários e, é claro, o treinamento de profissionais de saúde para que eles possam detectar e gerenciar transtornos de saúde mental pode ser implementado, aprimorado ou ampliado”.

“O investimento por parte dos governos e o envolvimento dos setores social, saúde e educação em programas abrangentes, integrados e baseados em evidências para a saúde mental dos jovens é essencial. Esse investimento deve estar vinculado a programas de conscientização de adolescentes e jovens sobre formas de cuidar de sua saúde mental e ajudar colegas, pais e professores a apoiar seus amigos, filhos e alunos”, finaliza a OMS.

Recomendamos para você:  Exercícios de 2 minutos e benefícios de 30 min.? Com HIIT é possível.

.

.

Com informações VivaBem – UOL

 


Also published on Medium.

Comentários

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Somos um blog de informações sobre Saúde, Beleza e Vida Saudável. Nosso objetivo é promover informações relevantes em saúde para a população em geral ter uma melhor qualidade de vida. ❤ ❤
Para isso, temos uma produção própria de conteúdo e contamos com parceiros, profissionais de saúde empresas da área, produtoras de conteúdo. Caso você se identifique com nosso propósito, queira se tornar um parceiro do Raislife Blog,  ter um perfil profissional na nossa página e poder divulgar seus conteúdos de forma GRATUITA, entre em contato conosco pelo email contato@raislife.com. Vamos juntos promover saúde e qualidade de vida para todos. ❤ ❤ ❤ ❤

Receba mais saúde por e-mail.