Fechar Anúncio X

Como diagnosticar e conduzir casos de ASMA?

Imagine um paciente chegando ao seu consultório com os seguintes sintomas: dispneia, sibilos, tosse e desconforto torácico.

19/06/2019

Ela é mulher, jovem, com sobrepeso, tem rinite e sempre teve um pouco de falta de ar. Mesmo sem saber, já estava habituada a conviver com essa dispneia leve.Procurou seu atendimento pois está em crise, incomodada com o “chiado” no peito, e agora percebeu que a falta de ar começou a atrapalhar suas atividades diárias.Essa é uma paciente asmática típica!A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, associada a hiper-responsividade brônquica.Sintomas

Os principais sintomas são: sibilos, dispneia, opressão torácica e tosse.É muito comum os pacientes chegarem no consultório relatando que as crises começaram na infância, depois se espaçaram e praticamente desapareceram durante a adolescência.Isso faz até com que o pais acreditem que a simpatia da tartaruga de baixo da cama acabou funcionando, mas é apenas o curso natural da doença.
Os pacientes que apresentam retorno dos sintomas aprendem a conviver com a falta de ar e se limitam para fazer suas atividades diárias.Por estarem habituados à falta de ar, acabam procurando médico, apenas quando entram numa crise um pouco mais intensa ou após desenvolver um quadro clinico mais grave e se limitando cada vez mais.AnamneseNa anamnese de um paciente com hipótese diagnóstica de asma, é muito importante pesquisar se existem outros sintomas além da dispneia.A frequência dos sintomas e a intensidade das exacerbações, bem como idas à emergência são utilizados para classificar o paciente.O diagnóstico da asma é feito pela a presença de um ou mais sintomas clínicos, como tosse crônica, dispneia, sibilo, opressão ou desconforto torácico; há piora de um desses sintomas quando exposto a algum agente irritante como o frio, ou até ao exercício.
Recomendamos para você:  O que você sabe sobre Insuficiência Cardíaca?
Quer saber quais os exames principais exames para a confirmação do diagnóstico e como tratar essa paciente?Então acesse agora: www.paciente360.com.brNo meu paciente virtual você poderá atender uma paciente asmática.Realizar a anamnese completa, praticar a semiologia realizando o exame físico detalhado, verificar exames e tratar a sua patologia.Além disso, ao final do seu atendimento você terá acesso ao Giro 360, que é a nossa sessão de ciências.No Giro 360 está disponível um arsenal completo de materiais de apoio, contendo vídeos, artigos científicos, e uma revisão completa sobre a patologia do paciente que você atendeu.Texto publicado originalmente no blog Paciente 360. Direitos autorais reservados a Paciente 360

Segredos para uma vida longa Dr. Victor Sorrentino

Comentários

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Receba mais saúde por e-mail.

%d blogueiros gostam disto: