Novo anticoncepcional masculino é aprovado em teste iniciais

Nos resultados, nenhum dos homens apresentou efeitos colaterais graves com o uso da pílula

Para evitar a gravidez, as mulheres acabam tendo uma grande (enorme) responsabilidade, já que o mercado oferece opções de contraceptivos em grande maioria para elas, como por exemplo, as famosas pílulas anticoncepcionais e o DIU. Entretanto, devemos lembrar que a gravidez é uma responsabilidade de ambos, e que esse cuidado deve ser tomado também pelos homens, e na mesma proporção, inclusive. E a novidade é que pesquisadores da L.A. BioMed começaram a desenvolver um novo método contraceptivo masculino!

O estudo foi apresentado durante uma conferência médica realizada nos Estados Unidos, a ENDO 2019, onde foram mostrados bons resultados na primeira fase de um teste em humanos da pílula anticoncepcional para os homens, chamada 11-beta-MNTC, onde foram avaliados a tolerância e a segurança no organismo.

Para analisar a eficácia da pílulas, os pesquisadores recrutaram 40 homens saudáveis com idades entre 18 a 50 anos. Os voluntários tomaram o remédio por 28 dias consecutivos, sendo que, dentre eles, dez receberam apenas placebo para possibilitar uma comparação.

Antes e depois do estudo foram retiradas amostras de sangue dos participantes para medir os níveis hormonais. Além disso, os voluntários ainda passaram por um questionário sobre possíveis dores, mudanças de humor e na função sexual durante a pesquisa.

Nos resultados, nenhum dos homens apresentou efeitos colaterais graves com o uso da pílula. Foi relatado apenas fadiga, dores de cabeça, acne e diminuição da libido – sintomas, aliás, muito parecidos com a versão da pílula anticoncepcional feminina.

“Nas mulheres você tem muitos, muitos métodos. A pílula, o adesivo, o anel vaginal, dispositivos intra-uterinos, injeções. Nos homens não há nada que seja como a contracepção hormonal. O padrão não é igual para os gêneros”, ressaltou Christina Wang, principal autora da pesquisa, à revista Time.

Recomendamos para você:  Chip anticoncepcional wireless estará disponível para venda em 2018.

De acordo com os investigadores, o medicamento é composto por progesterona, e funciona como bloqueador dos hormônios LH e FSH, que são essenciais para formação do esperma. Entretanto, novas pesquisas são necessárias para entender se a pílula impedirá a produção de espermatozoides nos testículos sem impactar/causar infertilidade e disfunções sexuais.

“Nossos resultados sugerem que essa pílula, que combina duas atividades hormonais em uma, diminuirá a produção de esperma ao mesmo tempo em que preserva a libido”, afirmou em nota Christina Wang, pesquisadora no centro de Pesquisa Biomédica de Los Angeles e no Centro Médico de UCLA Harbor.

A nova pílula é vista como algo similar ao DMAU, outro contraceptivo masculino de via oral que também está em fase de testes, sendo analisado, aliás, pela mesma equipe de especialistas. Além destes, outro método também estava sendo testado em 2017, o Vasalgel, que se trata de uma injeção-medicamento, composto por um gel, aplicado diretamente no duto deferente, um canal que leva o espermatozóide do testículo para a uretra.

Embora as expectativas sejam grandes para que esses contraceptivos cheguem ao mercado, essa realidade ainda está longe de acontecer…. a previsão do anticoncepcional masculino existir, em tese, assim como o feminino hoje, é apenas para daqui a dez anos, em 2029.

Mas, já é um grande avanço, certo?

.

.

 

Com informações MinhaVida.com

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

NOSSA MISSÃO:
Ser um sistema global de armazenamento de informações de saúde on-line, colaborativo, contemplando multifunções e cruzamento de dados, proporcionando o bem estar do ser humano através da segurança do histórico de saúde.

NOSSA VISÃO:
Tornar-se o sistema mundial de referência da informação da área da saúde até 2022, gerando dados relevantes e importantes para o ser humano.

NOSSOS VALORES:
Respeito, Igualdade, Confiança, Ética, Segurança, Qualidade de vida.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários