19 Alimentos que ajudam a matar a gordura abdominal

Você malha, corre, nada e ainda ela está lá. A gordura abdominal é mesmo um terror, te persegue sempre. O que muitas pessoas não se dão conta é que a alimentação tem um papel fundamental em eliminar e manter a barriga sarada.

13/01/2015

rais-data-comidas-perder-barriga-gordura-abdominal-six-pack-1024x682

Você malha, corre, nada e ainda ela está lá. A gordura abdominal é mesmo um terror, te persegue sempre. O que muitas pessoas não se dão conta é que a alimentação tem um papel fundamental em eliminar e manter a barriga sarada.

Veja as dicas de 19 alimentos que irão ajudar a manter a gordura abdominal longe de você e te ajudar e muito na busca daquela barriguinha sarada e ainda, de quebra, ter mais saúde.

Somente lembrando que a dieta deve ser vista como um todo quando se tem o objetivo de perder gordura. Por isso, preste atenção em tudo o que você está comendo.

A indicação de quantidades aqui é apenas uma referência, pode variar de pessoa para pessoa. Consulte um nutricionista para saber o mais indicado para você.

Veja Também:
  1. Canela

Este condimento meio apimentado ajuda o açúcar do sangue a entrar nas células para ser usado como energia e assim armazenando menos como gordura.

Utilize ¼ a 1 colher de chá em cereais quentes, marinadas ou no iogurte.

  1. Grãos Integrais

Os grãos integrais em geral são ricos em fibras e além disso contém magnésio e cromo. Estes dois nutrientes incrivelmente importantes combatem o cortisol (um hormônio do estresse que direciona a gordura para ser armazenado em torno da cintura) e mantém a produção de insulina baixa (altos níveis do hormônio também direciona gordura a acumular em torno da barriga).

Comer 3 porções de alimentos com grãos integrais por dia. Dar preferência para grãos in-nautra como aveia, arroz integral ou selvagem ou quinoa, em vez de farinha de grãos inteiros ou suplementos.

  1. Abacate

O abacate tem propriedades anti-bacterianas e anti-fúngicida. Ele contém a lecitina, um aminoácido que ajuda na prevenção da sobrecarga do fígado. Também é bom para a memória para equilibrar o peso corporal, além de equilibrar os níveis de colesterol e previnir ataques cardíacos e derrames.

Recomenda-se uma porção de meio abacate diária (meio abacate). Somente cuidado para equilibrar com outros itens da dieta pois ele é uma fruta muito calórica.

  1. Omeletes

Os ovos são ricos em nutrientes e carregados com a proteína que queima barriga, vitaminas B6, B12, A, D, E e K, ácido fólico, colina, luteína, cálcio, ferro, fósforo, zinco e omega3. Além disso, eles vão mantê-lo sem fome por longos períodos de tempo. Escolha os ovos de galinhas caipiras para ter nutrientes mais saudáveis.

Recomendamos para você:  Vontade louca de comer doces? Veja 12 alimentos saudáveis para não sair da dieta!

Faça uma omelete utilizando 2 ovos e não coloque óleo, utilize frigideira de teflon que não gruda.

  1. Macarrão de Algas

Macarrão de algas são uma boa alternativa para quem gosta de macarrão tradicional. Eles são feitos de algas e contém apenas seis calorias. Eles são ricos em minerais e podem ser usados como qualquer macarrão. Pode também ser misturado com a salada.

Geralmente um saquinho tem 340g, o que dependendo do preparo pode dar uma porção para 2 pessoas.

19 Alimentos que ajudam a matar a gordura abdominal - macarrão de algas

  1. Pimenta vermelha

As pimentas vermelhas possuem capsaicina, que aumenta o metabolismo basal e ajuda a queima de calorias, estabiliza os níveis de açúcar no sangue e é um potente antioxidante.

A porção depende de quando você aguenta, mas em poucas quantidades já tem um bom efeito. Utilize em carnes e saladas ou mesmo por cima do arroz, se for do seu gosto.

  1. Alimentos Fermentados

Os alimentos fermentados são, provavelmente, uma das melhores coisas que podemos adicionar à nossa dieta. Eles têm a capacidade de melhorar o nosso sistema imunológico, melhorando simultaneamente o ecossistema do nosso corpo.

Os alimentos fermentados são uma fonte ideal de probióticos que alimentam nossos intestinos com bactérias boas. A barriga cheia de boas bactérias é sinônimo de corpo que consegue se livrar de um monte de lixo … literalmente. Estima-se que 70% do nosso sistema imunológico está em nosso intestino.

A saúde do nosso sistema imunológico não é ditada apenas por uma alimentação saudável, mas comer quantidades saudáveis de alimentos que contêm probióticos. Prisão de ventre, inchaço, dor de estômago podem ser o resultado de uma falta de bactérias saudáveis.

O famoso Yakut (leite fermentado) pode ser uma boa pedida. 1 frasco por dia já é o suficiente para manter sua flora intestinal afinada.

  1. Alimentos ricos em vitamina C

A vitamina C ajuda o nosso sistema imunológico e também ajudam a obter e controlar os nossos níveis de cortisol.  O cortisol é um hormônio do estresse liberado por nossas glândulas supra-renais, quando estamos “estressados”.

Quanto menos estresse, mais baixo são os nossos níveis de cortisol. Quando os nossos níveis de cortisol são mais baixos, nós armazenamos menos gordura na barriga.

Recomendamos para você:  11 de Outubro: Dia Mundial de Prevenção da obesidade 

A vitamina C pode ser encontrada em alimentos como Laranja, Limão, Cenoura, entre outros. Duas laranjas por dia fornecem a quantidade necessária de vitamina C que você precisa. Dica: Como a vitamina C oxida muito fácil, somente descasque a laranja na hora de comer e deixe a parte branca.

  1. Morango, framboesas e amoras

Os morangos, framboesas e amoras são carregados com fibra (que diminui a absorção de açúcar) e são cheios de vitaminas que ajudam a lutar contra o desejo de comer mais.

O Morango por exemplo é rico em água, vitaminas C, A, E e do grupo B, ácido fólico, potássio, magnésio, fósforo, ferro, cálcio, zinco, sódio e selênio, fibras, frutose, antioxidantes e flavonoides.

Uma porção de morango (uma chícara com 8 unidades aproximadamente) contém mais de 90% de água, 160% da quantidade recomendada de vitamina C diariamente, vitamina A, E, do grupo B e em especial ácido fólico, tão importante para mulheres grávidas.

  1. Chá Verde

O chá verde contém compostos chamados catequinas que aumentam o gasto de energia, aumenta a liberação de gordura das células de gordura, especialmente no abdômen, e acelera a queima de gordura pelo fígado, principalmente após as refeições.

A porção máxima recomendada é de 4 xícaras por dia (aproximadamente 600ml), mas qualquer quantia terá algum benefício.

Preocupações da cafeína? Uma xícara de chá verde contém cerca de metade da quantidade de cafeína que uma xícara de café. Se você preferir o chá verde descafeinado, o conteúdo catequina é menor do que se comparado ao regular, mas ainda há o suficiente para ter um bom efeito.

  1. Chocolate Escuro com alto teor de cacau (acima de 70-80%)

O chocolate bom é o chocolate amargo, isso porque ele deve conter altos teores de cacau para ter melhor desempenho. O chocolate é carregado com anti-oxidantes (cerca de 8 vezes mais do que é encontrado em morangos) e contém estimulantes que podem ter um efeito positivo sobre a queima de gordura.

O consumo não deve ser superior a 30g por dia, pois é um alimento muito calórico.

  1. Frango e Peixe

Estas carnes realmente usam energia para serem digeridas, e seu corpo queima mais calorias para digerir e metabolizar proteínas do que ele faz enquanto digerem carboidratos e gorduras.

Consumir algumas porções de proteína magra (aproximadamente 100g), como frango, peixe e tofu, por dia pode ajudar a manter o seu metabolismo acelerado mesmo muito depois que você terminar de fazer a sua refeição.

  1. Iogurte

Sim, laticínios tem uma má reputação para altas calorias, mas o iogurte, tanto o baixo teor de gordura quanto os normais, contêm probióticos: bactérias “amigáveis” que podem realmente ajudar a reduzir a quantidade de gordura que seu corpo absorve, além de ser uma excelente fonte de cálcio.

Recomendamos para você:  Quer acelerar o metabolismo? Receita de tapioca de matchá promete! Veja:

Recomenda-se um máximo de 3 porções por dia de laticínios, assim você deve equilibra o iogurte (1 porção é igual a 1 xícara) com o leite (1 porção é igual a 1 xícara), queijo (1 porção é igual a 45g de queijo natural), entre outros derivados do leite.

  1. Feijões

Feijão preto, feijão branco e todos os tipos de feijão têm seis ou mais gramas de fibra por 1/2 xícara. As fibras podem limpar o seu corpo de resíduos “tóxicos”.

Recomenda-se 1 concha de feijão por dia.

  1. Melancia

Uma fruta hidratante rica em licopeno, que irá aumentar os níveis de arginina do seu corpo, um aminoácido que aumenta potencial de queima de gordura.

Ao mesmo tempo, o fruto vermelho maduro ajuda a queima de gordura corporal, mas também constrói muscular magra.

Apenas uma xícara por dia já faz esta mágica.

Veja Também:
  1. Aneto

Também conhecida como Dill, endro ou funcho doce. Adicione esta erva para legumes (especialmente de couve), peixes, grelhados, sopas e ensopados. Ela reduz o teor de gordura e alivia gases e inchaço estomacal.

Você também terá a vantagem de acelerar a quebra de carboidratos e proteínas no intestino.

Utilize pequenas porções como tempero.

19 Alimentos que ajudam a matar a gordura abdominal - Dill, endro ou funcho doce

  1. Abacaxi e mamão

Estas duas frutas tropicais contêm a enzima bromelina, que tem propriedades anti-inflamatórias e diminui a gordura da barriga.

1 fatia de abacaxi e ½ mamão papaia são as porções recomendadas diárias.

  1. Hortelã

Folhas de hortelã desencadeiam a liberação de bile extra a partir da vesícula biliar, o que é importante porque ajuda o organismo a digerir gordura.

Utilizar 10 folhas esmagadas para fazer chá por exemplo, ou pode-se utilizar como tempero em saladas ou carnes.

  1. Gengibre

O gengibre apresenta uma substância chamada gingerol, dotada de propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungos. O gingerol é responsável pelo sabor picante do gengibre.

E ainda o gengibre aumenta o metabolismo basal, por isso ajuda a queimar calorias e a emagrecer.

Consumir de 2 a 4g por dia.

Fontes:

  1. NaturalNews.com
  1. Bem Estar
  1. CopacabanaRunners
  1. MDEMULHER
  1. MinhaVida
  1. Melhorcomsaúde

 

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

CEO da Rais Saúde e da Connect HealthCare.
Técnico em Alimentos pelo CEFET-PR (99), Engenheiro Eletricista pela UDESC-SC (2009), MBA em Gestão empresarial pela FGV (2013), Trainee e 5 anos de experiência com Gestão de Projetos e Pessoas pela indústria de linha branca (2009-2014). Curioso em programação, blogs e sistemas e tudo que envolva Startups (minha fase atual profissional).

Atleta desde pequeno, apaixonado por basquete (já fui atleta semi-profissional na juventude), por academia e corrida (mas adoro esportes em geral) e música (toco meu violãozinho meia boca).

Também gosto de ciência (de onde viemos e para onde vamos) e neurociência, meditação e sempre curioso sobre como deixar nossa máquina “corpo humano” mais afinada e obter a melhor performance para o nosso dia-a-dia.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários