Atenção: energético faz mal à saúde dos jovens!

Pesquisa mostra que mais da metade dos jovens que beberam energéticos relatam impactos negativos na saúde

Um estudo realizado no Canadá com mais de dois mil jovens entre 12 e 24 anos revelou, entre outras coisas,  que mais da metade de consumidores de energéticos dentro dessa faixa etária sentiu efeitos negativos em sua saúde após o consumo da bebida. Os pesquisadores pedem maior atenção de autoridades para o consumo de bebidas energéticas por parte de jovens e adolescentes. A pesquisa foi divulgada no periódico científico Canadian Medical Association Journal Open.

Entre aqueles que já haviam consumido energéticos, 55% disseram que sentiram efeitos negativos em sua saúde. Os problemas mais citados na pesquisa pelos mais de dois mil entrevistados foram o aumento na velocidade do batimento cardíaco (citado por 14,7% dos entrevistados), a dificuldade para dormir (24,1%) e também muito citado, dores de cabeça (18,3%).

Além desses, outros sintomas como náuseas, vômitos e diarreias foram citados por 5,1% dos entrevistados. E ainda mais sério: a incidência de convulsões foi citado por 0,2% dos entrevistados! Ainda, 5% desses jovens precisaram de atendimento médico devido aos efeitos reportados da bebida.

“O número de impactos na saúde observado em nosso estudo sugere que deveria ser feito mais para restringir o consumo entre crianças e adolescentes”, diz David Hammond, professor na escola de saúde pública da Universidade de Waterloo, no Canadá, e um dos membros do estudo.

Com informações Revista Super Interessante

Recomendamos para você:  Último teste para um transplante de cabeça foi feito. E deu certo!

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

NOSSA MISSÃO:
Ser um sistema global de armazenamento de informações de saúde on-line, colaborativo, contemplando multifunções e cruzamento de dados, proporcionando o bem estar do ser humano através da segurança do histórico de saúde.

NOSSA VISÃO:
Tornar-se o sistema mundial de referência da informação da área da saúde até 2022, gerando dados relevantes e importantes para o ser humano.

NOSSOS VALORES:
Respeito, Igualdade, Confiança, Ética, Segurança, Qualidade de vida.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários