Transtorno de personalidade narcisista – entenda!

Transtorno pode atingir tanto mulheres quanto homens, independente de serem pais ou não, entretanto, é muito comum entre mães e filhas.

30/11/2017

Recentemente, páginas na internet e no facebook têm se proposto a acolher mulheres que se dizem vítimas de ‘mães narcisistas’ – você sabe o que significa isso?

Bom, sob essa dominação, abrigam-se filhas alvos de maus tratos físicos e emocionais, praticados por aquelas que esperava-se serem suas guardiãs.

De acordo com a psicóloga clínica Silvia Rawicz,  por trás dessas mães definidas por estes comportamentos, está o transtorno de personalidade narcisista, descrito no ‘Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos mentais’, da Associação Americana de Psiquiatria.

É importante ressaltar que o transtorno pode atingir tanto mulheres quanto homens, independente de serem pais ou não. Entretanto, é muito comum entre mães e filhas.

Michele Engelke, terapeuta cognitivo-comportamental e autora do único livro em português que fala sobre filhas de mães narcisistas, chamado “Prisioneiras do Espelho”, explica que “a imagem é muito importante para um narcisista. Como ambas são mulheres (no caso de mãe e filha), a mãe vê a filha como uma extensão de si mesma, sem direito a vida própria”.

Erlei Sassi, psiquiatra e coordenador do Ambulatório de Transtornos de Personalidade e Impulso do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo) afirma que essas filhas costumam ser tão fundidas com essas mães que é um avanço quando elas percebem que o problema não está nelas, e sim nas progenitoras”.

O manual da Associação Americana de Psiquiatria lista nove traços de comportamento do narcisista patológico, mas, ao apresentar cinco deles, a pessoa já é diagnosticada com o problema.

A psicóloga Silvia afirma que “a pouca ou a falta de empatia é uma das características. Basta apenas essa para criar sérios problemas para qualquer um que se relacione com o narcisista.”

Recomendamos para você:  Pesquisa descobre mecanismo capaz de controlar transtornos de ansiedade!

Acreditar ser especial e único, sentir inveja das pessoas ou ser alvo de inveja frequentemente e exigir ser constantemente admirado também são características, de acordo com o documento.

É importante ressaltar que apesar dessas características, não necessariamente as pessoas que as apresentarem têm o transtorno de personalidade narcisista, ou que tenham apenas ele, pois é comum que outros transtornos estejam associados, como a bipolaridade.

“Nem todo mundo que comete abusos, físicos ou emocionais, é narcisista patológico. Pode ser apenas uma pessoa má. Mas todo narcisista patológico comete abusos”, declarou o psiquiatra Erlei Sassi.

Michele ainda afirma que “o benefício é enxergar que algumas mães podem ser uma influência tóxica na vida dos filhos. Questionar essa crença de que todos amam seus filhos”.

E Silvia Rawicz e Michele Engelke afirmam que, embora uma mãe narcisista possa abusar de filhos e filhas, é mais comum que as meninas sofram mais sob a sua influência.

Tratamento

Segundo o psiquiatra Erlei Sassi, a psicoterapia é a forma de tratar o transtorno de personalidade narcisista, “o entrave, no entanto, é o narcisista aceitar que tem algo a ser tratado”.

Ainda faltam estudos consistentes para que se tenha uma forma eficiente de tratamento, declarou Michele.

O caminho é, então, cuidar dos dos efeitos dessa relação ruim nos filhos. “Quem convive com o narcisista sofre de níveis altíssiomos de estresse. O tratamento passa por reconstruir a autoestima da vítima. É a validação do sofrimento dela. Passa por ela saber que não está louca, declara Silvia.

Algumas páginas da internet, como comunidades de apoio, citadas no começo da matéria, são a “Mães Narcisisistas”, e a “De filha para Filha – Conhecendo a Mãe Narcisista”, no facebook.

Recomendamos para você:  Goji berry um super alimento?

Nomes e casos de relatos foram omitidos a pedido das entrevistadas.

Com informações UOL

Comentários

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Somos um blog de informações sobre Saúde, Beleza e Vida Saudável. Nosso objetivo é promover informações relevantes em saúde para a população em geral ter uma melhor qualidade de vida. ❤ ❤
Para isso, temos uma produção própria de conteúdo e contamos com parceiros, profissionais de saúde empresas da área, produtoras de conteúdo. Caso você se identifique com nosso propósito, queira se tornar um parceiro do Raislife Blog,  ter um perfil profissional na nossa página e poder divulgar seus conteúdos de forma GRATUITA, entre em contato conosco pelo email contato@raislife.com. Vamos juntos promover saúde e qualidade de vida para todos. ❤ ❤ ❤ ❤

Receba mais saúde por e-mail.