Tudo o que é demais atrapalha, até o ultrassom

Quem imaginou que fazer ultrassom demais poderia atrapalhar o resultado e até prejudicar os pais?

rais-data-ultrassom-photo-header

Quem imaginou que fazer ultrassom demais poderia atrapalhar o resultado e até prejudicar os pais? É o que afirma esta reportagem do Site UOL (por Fernanda Carpegiani).

Tudo isso porque as análises feitas na ultrassonografia levam em consideração algumas estimativas, como o peso por exemplo, que tem uma margem de erro de 15%.

Afinal de contas ainda é meio difícil acertar exatamente o peso do bebê sem colocá-lo em uma balança – e uma criança pode crescer de 5% a 6% de uma semana para outra.

Ai pode dar confusão e os pais acharem que a criança está encolhendo, enquanto era a margem de erro de uma medida para outra que variava.

E olha que são 15 e estruturas diferentes que são analisadas no ultrassom.

Imagina a confusão que pode dar. Sem falar que isso pode fazer mal para os pais, que podem ficar ainda mais ansiosos e preocupados desnecessariamente durante o período da gravidez.

Então calma que vai ficar tudo bem.

rais-data-ultrassom-photo-mae-bebe

 

Veja Também:

. Verticalização dos Planos de Saúde

. Transmissão de pensamento é possível e pode ajudar na saúde

. Doar sangue além de salvar vidas, pode melhorar a sua

. Violência e Negligência Universitária

. Estudo promete: corpo fitness com 7 minutos de exercícios 

Mas qual é a frequência ideal do Ultrassom?

A frequência ideal da ultrassonografia somente pode ser definida pelo médico, por isso é extremamente importante e fundamental o acompanhamento deste profissional.

Em gravidez normal, geralmente são feitas 4 ultrassonografias durante todo o pré-natal.

A primeira é aproximadamente na 8ª semana, que confirma a data da gravidez e quantos anjinhos estão ali. A segunda, na 12 semana que já mostra a forma do bebê e se existe alguma alteração genética (dependendo da posição já dá para ver o sexo).

Recomendamos para você:  Colesterol alto? Saiba como evitar!

Depois na semana 22 são observados mais detalhes da anatomia e na 32ª semana se observa o crescimento do bebê e o estado da mãe (líquido amniótico, placenta, etc.).

Mas dependendo do risco da gravidez esta frequência deve ser aumentada. Por isso é fundamental o acompanhamento médico.

Ele pode te ajudar a entender o desenvolvimento do seu bebê, te acalmar, e também te ajudar na primeira interação visual que você terá com seu filho: Aquela foto linda dele dentro da mamãe! 🙂

rais-data-ultrassom-baby

 

Veja Também:

. Estudo em casa e a programação podem ser uma nova tendência na educação?

. Transtornos de Ansiedade

. RAIS Data – Porque os profissionais da saúde são sempre indispensáveis

Como é o nome daquele remédio mesmo?

. Todos Contra a AIDS – 1 de Dezembro … e sempre!

E sobre a saúde do bebê, o que o Ultrassom pode afetar?

Ainda não se sabe se a exposição prolongada ao ultrassom pode causar alterações no desenvolvimento do seu pimpolho, mas pelo sei e pelo não, é melhor não arriscar.

#bebes #gestacao #ultrassom #saude #rais #raisdata #bigdata

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

NOSSA MISSÃO:
Ser um sistema global de armazenamento de informações de saúde on-line, colaborativo, contemplando multifunções e cruzamento de dados, proporcionando o bem estar do ser humano através da segurança do histórico de saúde.

NOSSA VISÃO:
Tornar-se o sistema mundial de referência da informação da área da saúde até 2022, gerando dados relevantes e importantes para o ser humano.

NOSSOS VALORES:
Respeito, Igualdade, Confiança, Ética, Segurança, Qualidade de vida.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários