15 erros que você está cometendo com seus dentes

Informações importantes para conseguir dentes fortes e um sorriso irresistível.

Cuidar da sua saúde bucal não é uma tarefa impossível, mas é fácil adquirir hábitos que possam causar problemas a longo prazo.

Por isso, vamos te dar dicas para esclarecer onde você pode estar falhando ao cuidar do seu precioso sorriso.

  1. Fazer várias atividades enquanto escova os dentes

Atenção é muito importante na hora de escovar os dentes.

Atenção é muito importante na hora de escovar os dentes.

Cada minuto da manhã parece precioso, por isso é tentador escovar seus dentes enquanto dá uma checadinha rápida no Facebook ou Instagram pelo celular.

O problema é que isso faz com que você se distraia e a qualidade da escovação pode ficar prejudicada.

Veja mais: Acho que tenho mau hálito. E agora?

É preferível que a pessoa fique em frente a um espelho para verificar, enquanto escova, se todas as superficies dos dentes estão sendo higienizadas corretamente.

  1. Limpar demasiadamente a sua escova de dentes.

Nada de práticas muito elaboradas para limpar sua escova de dentes.

Nada de práticas muito elaboradas para limpar sua escova de dentes.

Acredite ou não já ouvi histórias de pessoas que colocaram suas escovas de dente na máquina de lavar louças ou no microondas para desinfetá-las! Mas pensem comigo: apesar de já termos ouvido histórias aterrorizantes sobre como a escova de dente pode armazenar bacterias, não há evidências que alguém tenha ficado doente por causa disso.

A única coisa a se fazer é enxaguar bem a escova após utilizá-la, deixar secar naturalmente e guardá-la em posição vertical e sem tocar a escova de outras pessoas. Tentativas mais dramáticas de limpar a sua escova podem causar danos nas cerdas e prejudicar seu desempenho. E lembre-se: troque sua escova de dente a cada 3 meses, no mínimo!

  1. Usar mídias sociais como seu dentista

Cuidado com o que está na internet: Procedimentos caseiros podem danificar sua boca e seus dentes.

Cuidado com o que está na internet: Procedimentos caseiros podem danificar sua boca e seus dentes.

A internet está cheia de dicas sobre tratamentos caseiros que mais prejudicam sua saúde bucal do que ajudam. Todos nós já vimos histórias absurdas sobre clarear os dentes com água oxigenada, bicarbonato de sódio, carvão (!!!), cúrcuma, entre muitas outras. Por favor, não façam isso com vocês mesmos.

Recomendamos para você:  Estudo em casa e a programação podem ser uma nova tendência na educação?

Somente um cirurgião-dentista pode indicar o tipo certo de tratamento para você, dependendo das suas necessidades.

  1. Evitar raio-x

O Raio-X é uma ferramenta que ajuda o dentista em seu diagnóstico, e não tem efeito colateral.

O Raio-X é uma ferramenta que ajuda o dentista em seu diagnóstico, e não tem efeito colateral.

Algumas pessoas têm muito receio de tirar raio-x, pois acham que isso pode causar câncer, mas não é necessário todo esse temor. Os aparelhos de raio-x atuais emitem o mínimo de radiação possível, sendo o risco para o paciente praticamente zero.

Além disso, algumas cáries, por exemplo as que se localizam entre os dentes, só podem ser detectadas por meio de um raio-x. Sendo assim, as radiografias são exames complementares do cotidiano de um dentista e não há o porquê de temê-las.

Veja mais: O cenário brasileiro da radioterapia.

Vale lembrar que somente as mulheres que estão grávidas, ou suspeitam estar, não podem tirar uma radiografia. 

  1. Guardar a sua escova molhada em uma capinha

Esta é a melhor maneira de guardar sua escova.

Esta é a melhor maneira de guardar sua escova.

É importante guardar a sua escova em alguma capinha se você vai viajar, mas mais importante ainda é retirá-la da capinha quando você chegar ao seu destino. Guarde-a em pé (pode ser dentro de um copo mesmo) e em um local arejado. 

  1. Usar piercings na lingua ou na boca por anos e anos

Os piercings, a longo prazo, prodem prejudicar sua saúde bucal.

Os piercings, a longo prazo, prodem prejudicar sua saúde bucal.

Os piercings na lingua ou na boca podem causar problemas como pequenas fraturas dentais, retração gengival entre outros. Por isso, evite usar esses acessórios por muitos anos, uma vez que estes problemas podem ser agravados.

  1. Não usar a contenção após a remoção do aparelho fixo

A contenção dentária é muito importante para completar o tratamento ortodôntico.

A contenção dentária é muito importante para completar o tratamento ortodôntico.

Se você usou aparelho fixo durante a adolescência ou enquanto adulto, é importante usar a contenção/aparelho removível pelo tempo que o seu ortodontista recomendar. Isto pode significar que talvez você tenha que usar esse aparelho algumas noites por semana, para sempre.

Recomendamos para você:  Água alcalina e seus benefícios!

Quando o paciente não usa o aparelho corretamente, os dentes podem se movimentar e “entortar” novamente, causando grande desconforto estético. 

  1. Escovar os dentes logo após tomar um copo de suco de laranja

O ph do suco de laranja pode danificar seus dentes. Cuidado!

O ph dos sucos cítricos e refrigerantes pode danificar seus dentes. Cuidado!

O mesmo vale para suco de limão e refrigerantes. Por quê? Logo após tomar essas bebidas, sua boca fica com o ph mais ácido e isso pode causar erosão no esmalte dos dentes – imagine então associar a isso o trauma mecânico da escovação.

Para evitar que isso aconteça, espere 30 minutos antes de escovar os dentes para que o ph da boca neutralize novamente.

O mesmo vale para os casos de vômito: faça um bochecho com água somente alguns minutos antes de escovar os dentes. 

  1. Ignorar quando você range os dentes ao dormir

O bruxismo desgata os dentes e pode causar dores de cabeça e na articulação.

O bruxismo desgata os dentes e pode causar dores de cabeça e na articulação.

Enquanto o bruxismo – que é o hábito de ranger os dentes enquanto você dorme – pode não parecer tão prejudicial, os casos mais severos podem causar desgaste nos dentes, dores de cabeça e dores ao abrir e fechar a boca.

É difícil saber se você range os dentes a noite se o seu parceiro não te avisa, claro, mas se você apresenta algum sintoma como dores de cabeça constantes ou dores ao abrir e fechar a boca, é importante que você procure um dentista para que seja confeccionada uma placa miorrelaxante que irá prevenir danos maiores.

Veja mais: 15 dicas para você pegar no sono e relaxar

  1. Fumar

Fumar, além de todos os outros males que causa a sua saúde, ainda denifica seus dentes e acaba com sua saúde bucal.

Fumar, além de todos os outros males que causa a sua saúde, ainda denifica seus dentes e acaba com sua saúde bucal.

Você já sabe que fumar é prejudicial para a saúde dos seus pulmões e coração, mas caso você precise de mais um motivo para parar de fumar, aqui vai: além do mau hálito e dentes amarelados, fumar é o fator mais significativo que está associado ao aparecimento de doenças na gengiva (retração gengival, perdas ósseas e perdas dentárias) de acordo com estudos prévios.

Além disso, fumar pode diminuir as chances de sucesso em qualquer tratamento odontológico realizado, uma vez que a nicotina compromete a habilidade do seu corpo de combater infecções.

Veja mais: O resultado do cigarro dentro de você fumante

  1. Usar palito de dente

O palito de dentes, velho amigo nas horas de apuros pode trazer um perigo escondido.

O palito de dentes, velho amigo nas horas de apuros pode trazer um perigo escondido.

Apesar de o palito de dente quebrar um galho quando algum pedaço de comida fica preso entre os seus dentes, a verdade é que esses palitos de madeira são péssimos substitutos do fio dental. Eles podem quebrar e, quando usados de forma muito agressiva, machucam a gengiva e causam danos no tecido gengival.

Caso você precise desesperadamente eles podem funcionar nestes momentos de emergência, mas lembrem-se: o melhor sempre é nosso amigo fio dental.

  1. Faltar nas consultas com o seu dentista

Ir ao dentista regularmente garante que você sempre estará com uma boca saudável.

Ir ao dentista regularmente garante que você sempre estará com uma boca saudável.

Odeia dentista? Odeia sentar naquela cadeira? Odeia ouvir o barulho do temido motorzinho? O melhor truque para tratar a ansiedade e o medo do seu dentista é: ir ao dentista! Se você for a cada 6 meses no dentista e fizer um checkup bucal, as chances de precisar de um tratamento doloroso e complicado são menores.

O problema é que muitas pessoas, por medo, acabam evitando o dentista durante anos e isso só piora cada vez mais a saúde bucal do indivíduo. Além disso, é importante achar um dentista que você confie para realizar os tratamentos e te deixar tranquilo num momento tão tenso para muitos. 

  1. Exagerar na quantidade de clareamentos dentais

Clareamento dental frequente pode deixar seus dentes mais fracos e sensíveis.

Clareamento dental frequente pode deixar seus dentes mais fracos e sensíveis.

Fazer muitos clareamentos dentais pode levar ao enfraquecimento do esmalte dental e sensibilidade dos dentes.

Pouco se sabe sobre os efeitos a longo prazo do clareamento dental, mas a questão principal é: visite seu dentista. Só um profissional que conhece seus dentes poderá indicar o melhor tratamento para o seu caso.

  1. Não beber água o suficiente

Água é um fator crucial para uma boca saudável.

Água é um fator crucial para uma boca saudável.

A água fluoretada é extremamente importante para a saúde dos seus dentes. O flúor é um grande aliado na prevenção das cáries age de duas maneiras distintas:

  • O flúor se concentra nos ossos em crescimento e nos dentes em desenvolvimento das crianças, ajudando a endurecer o esmalte dos dentes de leite e permanentes que ainda não nasceram.
  • O flúor ajuda a endurecer o esmalte dos dentes permanentes que já se formaram.

O flúor trabalha durante os processos de desmineralização e remineralização que ocorrem naturalmente em sua boca.

Veja mais: Porque a qualidade da água que você bebe é importante

Se a água que você bebe contém flúor, então somente a escovação regular utilizando um creme dental com flúor será suficiente para adultos e crianças terem dentes saudáveis, com um baixo risco de cáries. Se a água que você consome vier de uma rede pública de abastecimento, você poderá saber se ela contém flúor ligando para a empresa de água local.

Além disso, beber bastante água ajuda na produção de saliva. A saliva é de grande importância para ajudar a “limpar” superficialmente os dentes  das bactérias e restos alimentares que se acumulam por ali. 

  1. Usar uma escova de dente muito dura

A escova muito dura pode machucar sua boca.

A escova muito dura pode machucar sua boca.

Assim como os palitos de dente, as escovas com cerdas muito duras tendem a causar mais problemas do que solucionar. Por mais eficientes que possam parecer ser, as cerdas duras podem causar erosão do esmalte do dente e retrações gengivais. Assim, o recomendado é que as escovas tenham cerdas macias ou extra-macias.

Fontes:  Time, Colgate            

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Cirurgiã-Dentista graduada em Odontologia pela Universidade Norte do Paraná. Especialista em Ortodontia, Radiologia Odontológica e Mestre em Odontologia. Proprietária do consultório Valarini Orto desde 2011. Tem profunda paixão pela ciência e quer que sua atuação como dentista faça a diferença na vida das pessoas.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários