Atenção: Gordura no fígado é perigosa e pode causar até cirrose, mesmo em quem não bebe!

Considerada a doença hepática mais comum no mundo, a gordura no fígado atinge de 20% a 30% da população.

09/03/2018

Você sabia que lesões no fígado praticamente idênticas àquelas em decorrência do álcool podem ser causadas pela gordura? O nome dessa condição, mais especificadamente, é doença gordurosa hepática não alcoólica.

Considerada a doença hepática mais comum no mundo, a gordura no fígado atinge de 20% a 30% da população. Esse diagnóstico, aliás, só é e pode ser considerado quando não há o consumo excessivo de álcool.

Cada vez é mais comum o achado de gordura no fígado,  e uma das principais razões para o aumento de sua prevalência é a epidemia da obesidade. Pessoas com excesso de peso, principalmente aquelas com aumento de gordura na barriga, estão mais sujeitas a acumular gordura no fígado.

E essa gordura depositada nas células hepáticas pode levar a várias consequências: atrapalha a ação da insulina e aumenta o risco de desenvolvimento de diabetes do tipo 2, pode gerar uma inflamação crônica, desenvolvimento de fibrose (cicatriz) e até cirrose! Sim… cirrose em uma pessoa que não bebe.

Dados epidemiológicos indicam um aumento de 170% dessa condição na última década, e muitos fatores parecem influenciar seu desenvolvimento, como, por exemplo, a genética. Outros estudos recentes apontam que o risco de acumular gordura no fígado aumenta em filhos de mulheres que ganham muito peso na gestação ou que desenvolvem diabetes gestacional.. Mas, sem dúvida, o mau hábito ao longo de toda vida é o grande vilão: o sobrepeso, o sedentarismo, a dieta rica em gordura e açúcar…

E existem evidências convincentes de que a presença de gordura no fígado é um fator de risco para o desenvolvimento de doença cardiovascular. Então, é um sinal de alerta!

A melhor solução, nestas condições, é perder peso. E não precisa ser muito: pesquisas indicam que reduzir 7% do seu peso já tem um impacto superpositivo na redução da gordura do fígado. Isso porque quando emagrecemos perdemos preferencialmente a gordura do fígado e do abdome, já trazendo grandes benefícios!

Recomendamos para você:  Tamanho é documento, sim: pessoas inteligentes têm neurônios maiores, segundo estudo!

Com informações VivaBem – UOL

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

NOSSA MISSÃO:
Ser um sistema global de armazenamento de informações de saúde on-line, colaborativo, contemplando multifunções e cruzamento de dados, proporcionando o bem estar do ser humano através da segurança do histórico de saúde.

NOSSA VISÃO:
Tornar-se o sistema mundial de referência da informação da área da saúde até 2022, gerando dados relevantes e importantes para o ser humano.

NOSSOS VALORES:
Respeito, Igualdade, Confiança, Ética, Segurança, Qualidade de vida.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários