Fechar Anúncio X

Dor intensa no joelho? Entenda o que pode ser e saiba o que fazer.

Dores no joelho podem ser resultado de traumas ou não, sendo importante avaliação especializada para diagnóstico correto.

18/10/2020

A dor no joelho pode ser muito incômoda e manifestar-se de forma súbita e intensa ou progressiva. Monitorar esses sintomas auxilia na identificação das causas e também no diagnóstico correto.

O joelho consiste em uma articulação complexa, pois demanda flexibilidade e estabilidade ao mesmo tempo.

As dores no joelho podem ser resultado do uso excessivo, como fazer uma caminhada se você não está fisicamente adaptado a essa atividade, ou falta de preparo para determinado exercício, como praticar um esporte, levando à articulação ao limite. Entenda melhor a seguir.

Quais aspectos influenciam as dores no joelho?

Devido à dupla funcionalidade de flexibilidade e estabilização, o joelho pode ser afetado por diferentes tipos de lesão, como torções, traumas, contusões ou mesmo desgaste.

Apenas um diagnóstico médico especializado poderá determinar quais estruturas foram acometidas, visto que as dores nos joelhos podem estar relacionadas aos ligamentos, cartilagens, tendões, bursas ou meniscos.

Alguns fatores são importantes no surgimento da dor no joelho e podem predispor esse problema, como falta de estabilidade, desalinhamento ou sobrecarga devido atividades físicas ou mesmo sobrepeso.

Entre os motivos que tem relação com o desenvolvimento de problemas no joelho incluem-se:

  • falta de estabilidade decorrente da fraqueza muscular ou mesmo problemas no funcionamento de algumas estruturas do joelho que acabam por sobrecarregá-lo;
  • o desalinhamento causado pelo desvio biomecânico quepode resultar no aumento da pressão em alguns pontos do joelho, causando dorno longo prazo;
  • a sobrecarga do joelho pode ser causada tanto pelo sobrepeso como pela fraqueza muscular decorrente do sedentarismo. Ao mesmo tempo, o excesso de exercícios também compromete essa articulação, exigindo cuidado;
  • a idade é um fator que influencia na saúde dessa articulação podendo causar fraqueza ou perda da cartilagem, resultando no desgaste do joelho e aumento das dores;
  • ojoelho está suscetível a diversos traumas causados por impactos que podem prejudicar a articulaçãoe resultar em dor. Esse tipo de problema é mais comum em atletas.
Recomendamos para você:  Sexo pode causar parada cardíaca, diz estudo!

Portanto, diferentes alterações anatômicas ou mesmo ambientais podem comprometer a estrutura gerando dores intensas no local.

Quais as causas mais comuns de dores no joelho?

É importante que, ao identificar uma dor no joelho, seja ela mais intensa ou intermitente, procure-se um médico especialista para diagnóstico e início do tratamento.

Não é incomum que sendo a dor mais amena e esporádica, o paciente não busque auxílio especializado, o que pode comprometer ainda mais a estrutura do joelho e dificultar o êxito no tratamento.

Como visto, a dor no joelho pode ter diferentes causas, sendo que apenas um especialista poderá realizar o diagnóstico correto. Entre os motivos comuns para problemas do joelho incluem-se:

  • distensão ou entorses;
  • tendinites e bursites;
  • desgaste nos meniscos;
  • rompimento de cartilagem, menisco e ligamentos;
  • doenças reumáticas, como artrite reumatoide, osteoartrite, artrose, lúpus e gota;
  • infecções;
  • lesão no ligamento cruzado anterior (LCA);
  • síndrome da dor patelo-femural.

Caso a lesão seja causada por um trauma é frequente que o comprometimento seja maior nos ligamentos e meniscos, enquanto problemas não traumáticos prejudiquem principalmente a articulação.

É importante que o paciente, além de observar a intensidade e origem da dor no joelho também atente-se aos sinais adicionais que contribuam no diagnóstico, como inchaço, alterações anatômicas, desconforto ao andar, perda da flexibilidade e movimentação do joelho, entre outras características.

Como aliviar a dor no joelho?

Caso identifique a dor no joelho o paciente pode iniciar alguns cuidados caseiros para amenizá-la. Esses cuidados são recomendados para situações simples, nas quais a dor persiste até três dias, após esse período é necessário buscar auxílio médico especializado.

No caso de uma lesão do ligamento cruzado anterior, por exemplo, o paciente sentirá dor intensa e inchaço, sendo essencial ir, imediatamente, a um bom profissional para evitar maiores complicações.

Recomendamos para você:  Açaí pode ajudar quem sofre de transtorno bipolar e até de esquizofrenia

Entre as orientações que podem ajudar a amenizar a dor nos joelhos destacam-se cuidados como:

  • faça compressas frias entre 2 e 3 vezes ao dia, mantendo entre 5 e 15 minutos de cada vez. Essa prática ajuda a reduzir o inchaço e tem efeito analgésico, sendo indicada para casos de torções, pancadas, quedas e tendinites;
  • deite-se ou sente-se mantendo a perna mais elevada para melhorar a circulação sanguínea na perna, aliviando a pressão e amenizando a dor;
  • outra opção para melhorar a circulação no local e obter um alívio da dor é realizar uma massagem em torno do joelho, mas sem pressioná-lo demasiadamente;
  • realize alongamentos suaves com a perna, flexionando e esticando a articulação, mas sem esforço para não prejudicar ainda mais as estruturas.

Se mesmo com esses cuidados o joelho continuar doendo, é importante buscar auxílio especializado, pois pode indicar uma alteração mais grave e que demanda suporte médico especializado.


Also published on Medium.

Segredos para uma vida longa Dr. Victor Sorrentino

Comentários

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Receba mais saúde por e-mail.

%d blogueiros gostam disto: