A Escola de Patologia.

A proposta da Escola de Patologia para médicos e estudantes de medicina.

O mercado de trabalho está cada vez mais concorrido, especialmente o mercado médico. Não há espaço para o profissional de saúde, nos dias de hoje, que não tenha boa capacidade técnica, bom desenvolvimento pessoal e destaque nas relações interpessoais, especialmente com os pacientes. E é neste contexto que a Escola de Patologia surge para te ajudar.

Durante toda a faculdade de medicina estudantes tendem a “deixar de lado” esta importante especialidade que é a patologia. Apesar de ser uma cadeira básica do ensino médico e lecionada nos primeiros anos, a patologia é a base da medicina. Afinal de contas, só somos médicos para tratar e curar os enfermos não é mesmo? Patologia vem do grego e significa “estudo da doença”.

Sendo assim, ter boa base e conhecimento desta especialidade é o mínimo necessário para qualquer profissional de saúde se dar bem no acompanhamento de qualquer paciente. A patologia vem cada vez mais assumindo papel de protagonista no tratamento dos pacientes e o profissional de saúde deve estar atento a essa transformação.

Lembre-se, não há tratamento de câncer, cirúrgico ou clínico sem um patologista. Simplesmente não há. Por isso, é importante que todo o médico e estudante de medicina tenha bases sólidas desta especialidade.

Como é o ensino de patologia nas faculdades de medicina hoje em dia?

rais-data-saude-escola-de-patologia-1

Os professores de patologia médica ensinam essencialmente patologia médica, aquela das lâminas e peças cirúrgicas. Geralmente os alunos se sentem aterrorizados pelas provas práticas em laboratórios cheios de microscópicos.

No entanto, para o aluno entender o processo de saúde-doença através de conhecimentos básicos também é interessante contextualizar o processo saúde-doença e partir da doença para a alteração patológica e não somente o contrário. Só assim o aluno de medicina poderá compreender a importância da matéria e vai entender o papel da especialidade no tratamento e seguimento de pacientes.

Muitas vezes, por não entender a importância da especialidade durante os anos de faculdade o aluno, ao virar profissional de saúde, fica completamente refém daquela falta de atenção devida nos anos de acadêmicos.

O médico deve ter como parceiro no tratamento de seus pacientes um médico patologista que acompanhe a sua especialidade, que se dedique ao seu paciente da mesma forma que ele se dedica. Além disso, entender, interpretar e principalmente saber explicar ao seu paciente as alterações descritas no laudo é de suma importância.

Qual é a solução para esta situação?

Identificando essa lacuna decidimos criar a Escola de Patologia, com foco em cursos complementares e eventos voltados para a área. Um dos objetivos da escola é diminuir o estigma de matéria difícil e complicada.

Com uma abordagem completamente diferente da tradicional, a Escola de Patologia tem o intuito de atuar essencialmente com a medicina usando como base conceitos de patologia como plano de fundo. Não é patologia. É medicina!

Recomendamos para você:  Bolo de maçã - uma receita especial.

Com enfoque totalmente prático, baseado em casos clínicos reais o aluno vai ter a possibilidade de entender o processo de saúde-doença através de aulas expositivas em cursos presenciais. Os cursos serão realizados em Londrina, cidade do norte de Paraná, sempre durante as férias (julho ou janeiro).

Cada curso é temático com uma especialidade única abordada durante um fim de semana de total imersão no ensino médico.

O aluno não vai ter aula de patologia. Vai ter um curso complementar da medicina, com casos clínicos reais. A proposta é de trabalhar com múltiplos conteúdos, desde anatomia, conceitos de cirurgia, fisiologia, bioquímica, radiologia, e outro. Todo o conteúdo é integrado visando dar a maior visão geral possível a cada caso clínico apresentado.

O que é a Escola de Patologia?

A Escola de Patologia  é uma instituição idealizada no fim de 2015. Identificando certa repulsa dos alunos em relação à Patologia, decidimos desmitificar a matéria tão temida por todos durante a faculdade.

Para quem é a Escola de Patologia?

rais-data-saude-escola-de-patologia-20

A Escola de Patologia é para todos os estudantes de medicina. TODOS! Todos deveriam fazer esses cursos, do jovem do primeiro ano até os mais velhos no internato.

Para os alunos dos primeiros anos vale a pena participar porque o curso vai lidar com os principais processos patológicos de maneira inovadora.

Para os alunos mais velhos, do quarto ao sexto ano, vale a pena devido ao enfoque. A Escola de Patologia fez um levantamento das mais importantes provas de residências médicas do Brasil inteiro. Percebemos que a quantidade de questões que envolvem diretamente conhecimentos específicos de patologia vem crescendo cada vez mais.

Algumas provas de residência médica chegam a dedicar até 20% de suas questões que envolvem diretamente o conhecimento de patologia. Tendo em vista esta estatística e percebendo a crescente concorrência nas provas de residência médica foi criado o programa PATOLOGIA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, que visa ensinar patologia para o estudante de medicina que vai prestar prova de residência. O enfoque do conteúdo e a forma de ensino são baseados nas principais provas de residência.

Com a análise de casos clínicos reais, o aluno terá mais possibilidades de não passar por apuros quando uma questão abordar um tema que envolve o conhecimento de patologia.

Sabemos o quanto está se tornando passar em uma prova de residência conceituada. A concorrência é bastante acirrada, cada ponto faz diferença. Esse é a chance de se se munir de conceitos que provavelmente vão cair na sua próxima prova de residência.

Diferente de atuais cursinhos preparatórios de residência médica, nós optamos pela integração geral da patologia com a MEDICINA.

Como funciona a Escola de Patologia?

A Escola de Patologia é uma instituição de ensino complementar não oficial, ou seja nós não somos um curso de pós-graduação. Temos interesse de trazer aos alunos de medicina e profissionais de saúde conhecimentos específicos de patologia que tenham interface com cada especialidade, urologia, gastroenterologia e outros.

Recomendamos para você:  Câncer de próstata.

Para os estudantes de medicina os cursos serão presenciais, com local e data a serem definidos e serão realizados na cidade de Londrina, no norte do Paraná.

Os cursos terão um fim de semana de duração com início na quinta-feira a noite até o sábado a tarde. Cada curso será temático com uma especialidade em foco. O primeiro curso a ser realizado nas férias de julho deste ano vai abordar urologia.

Neste fim de semana os alunos da Escola de Patologia terão a oportunidade de vivenciar os principais fenômenos patológicos de forma totalmente contextualizada que parte da prática para o processo. O caminho de ensino é inverso do que é habitualmente apresentado durante o curso de medicina.

Os próximos cursos a serem realizados em Janeiro 2017 e Julho 2017, vão abordar gastroenterologia do trato digestivo alto e gastroenterologia do trato digestivo baixo. Com conteúdo extenso, o aluno vai ter a oportunidade de ter uma experiência totalmente diferente e inovadora.

Para os médicos o enfoque é outro: Em setembro de 2016, a Escola de Patologia vai realizar o primeiro curso focado para profissionais que estão envolvidos no tratamento e seguimento dos pacientes com doenças da próstata.

O curso será multidisplinar e profissionais de diversas áreas da medicina irão lecionar durante este evento (oncologistas, radiologistas, radioterapeutas, patologistas e urologistas). O objetivo aqui é servir de educação continuada com foco no progresso científico e tecnológico.

O foco da Escola de Patologia é buscar meios para atendermos melhor nossos pacientes através de um curso focado em atualização. Os temas serão escolhidos de forma a serem fonte útil de conhecimento para profissionais de saúde, sobretudo urologistas. Todo os temas serão escolhidos com foco nas últimas alterações de nomenclatura, alteração de critérios diagnósticos e terapêuticos.

Temos certeza de que profissionais que interagem mais em um ambiente multidisciplinar criam um ambiente mais propício para melhores tomadas de decisão. Temos certeza de que o maior beneficiado neste processo é o paciente.

Queremos promover um ambiente de troca de experiências, networking e confraternização. Com data e local a ser definido o primeiro curso de urologia da Escola de Patologia será realizado durante o dia 16 de Setembro e focará apenas nas doenças da próstata.

Percebemos que o tratamento e o segmento dos pacientes com doenças da próstata vêm evoluindo muito nos últimos anos, além disso, a patologia vem assumindo cada vez mais um papel mais central nesse processo. Portanto, essa oportunidade é perfeita para atualização e discussão sobre as últimas diretrizes e consensos.

Recomendamos para você:  Escola de Patologia recebe apoio do Vereador Prof. Rony Alves

rais-data-saude-escola-de-patologia-4_comp

E no curso de Julho? Só vai ser aula o dia inteiro?

Não!!! Definitivamente não. O primeiro curso da Escola de Patologia que será realizado nas férias de Julho de 2016 não será só aula. Na quinta feira a noite, teremos aulas com enfoque em empreendedorismo médico e tecnologia com professores de outras áreas.

Além disso na quinta feira a noite também iremos ministrar uma aula resumo e de atualização sobre Dengue, Zika vírus e Febre Chicungunya, tema que julgamos muito importante e que certamente será cobrado nas provas de residência do fim do ano.

Esse será um curso satélite que acontecerá antes do início do curso de patologia. Os profissionais envolvidos são altamente gabaritados e  referência em suas áreas. É uma grande oportunidade para estudantes terem contato com outros assuntos que saem da sala de aula e do consultório.

Além disso, já firmamos duas parcerias importantes para o fim de semana na área social. A primeira é com o restaurante MADÊ, restaurante do melhor hambúrguer de Londrina. Na quinta feira teremos uma confraternização oficial do curso. O MADÊ disponibilizou uma área específica do restaurante para os alunos do curso e vouchers que dão direito a um burguer e uma bebida.

A segunda grande parceria nossa é com o PALHANO PUB, melhor balada de Londrina. No sábado a noite depois do encerramento do curso teremos uma festa de encerramento lá. O pessoal do PUB também disponibilizou quantidade limitada de vouchers. A balada promete!

Cada estabelecimento terá quantidade limitada de vouchers que serão distribuídos para os primeiros compradores de cada lote – fique atento.

Eu moro longe de Londrina e agora?

Não se preocupe. Nós temos convênio com o Harbor INN hotel, localizado a menos de três quadras do local do evento.

rais-data-saude-escola-de-patologia-3-local

Quais outras parcerias a Escola de Patologia tem?

Outra grande parceria da Escola de Patologia é com a empresa de formaturas e eventos TICOMIA. A TICOMIA é a maior empresa de formatura e organização de eventos da América Latina com mais de 200 formaturas organizadas.

Todos os alunos de medicina das turmas que já tem contrato fechado com a TICOMIA tem automaticamente 5% de desconto na compra do curso. É uma ótima oportunidade.

Será que eu devo participar?

SIM!! Definitivamente este é uma grande oportunidade para finalmente entender a importância dessa matéria tão difícil. Além disso, essa é a chance de conhecer outras pessoas, trocar experiências, conhecer uma cidade nova e estar inserido em um curso completamente inovador, completamente diferente de tudo o que você já viu.

Fique ligado, o primeiro lote de ingressos com preços promocionais já está disponível no site da Escola de Patologia.

rais-data-saude-escola-de-patologia-3-patrocínio

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Graduado pela Faculdade de Medicina de Marília, residência médica em Anatomia Patológica no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Realizou estágio eletivo no Jonhs Hopkins Hospital em Baltimore, MD, no Brigham and Women´s and Health Hospital em Boston, no Beth Israel Deaconess Medical Center em Boston, MA, no NIH em Bethesda, MD e no MD Anderson Cancer Center em Houston durante o ano de 2013. Tem profundo interesse nas áreas de patologia do trato gastro-intestinal, urológica, mamária e biologia molecular.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários