Osteoartrite do joelho

Gerenciamento bem-sucedido depende do reconhecimento de sintomas iniciais, diagnóstico preciso e tratamento adequado

A osteoartrite do joelho é a forma mais comum de osteoartrite. Mais de 10 milhões de americanos têm esse tipo de osteoartrite. É também a causa mais comum de incapacidade musculoesquelética nos Estados Unidos.

O gerenciamento bem-sucedido da osteoartrite do joelho depende do reconhecimento de sintomas iniciais, um diagnóstico preciso e um tratamento adequado.

Sinais e sintomas da osteoartrite do joelho

A osteoartrite no joelho é tipicamente caracterizada pelo início insidioso de dor nas articulações, rigidez articular e alcance limitado.

Sem saber, a osteoartrite do joelho desenvolve-se gradualmente ao longo de um período de anos e passa despercebida até se tornar sintomática.

É comum que as pessoas com osteoartrite do joelho se queixem inicialmente de dor que ocorre com a caminhada, além de limitações com a caminhada (por exemplo, distância), indo de sentar para ficar e subir de escada.

Outras queixas comuns incluem uma sensação de que o joelho vai distribuir, o bloqueio do joelho afetado ou uma sensação de estalar. Muitas vezes, há inchaço localizado, mas geralmente não está associado com calor ou vermelhidão.

Com qualquer um dos sinais e sintomas acima mencionados, após um breve período de tempo para ver se os sintomas diminuem ou se o auto-tratamento ajuda, a maioria das pessoas percebem que devem consultar seu médico para uma avaliação diagnóstica apropriada.

A dor associada à osteoartrite do joelho é geralmente pior após a atividade, especialmente quando há uso excessivo do joelho afetado. A rigidez pode piorar depois de ficar sentado por longos períodos de tempo.

À medida que a osteoartrite do joelho progride, os sintomas geralmente se tornam mais graves. A dor pode tornar-se constante, ao invés de ser presente somente quando é portadora de peso ou atividade a seguir.

Recomendamos para você:  Dificuldades para manter o foco mental? 7 dicas para melhorar isso!

A dor constante e severa é característica das anormalidades ósseas sobre os ossos que ocorrem quando a perda de cartilagem é tão grave que, essencialmente, não há cartilagem que cubra as extremidades dos ossos na articulação do joelho.

Os corpos soltos no espaço articular também podem contribuir para dor e rigidez. Crepitus (uma sensação de moagem) e um aumento na intensidade de sintomas que ocorrem com clima tormentoso também são característicos da osteoartrite do joelho – embora o último tenha sido debatido.

Deterioração da cartilagem articular (articular), que é evidente em raios-X simples, é uma importante pista de diagnóstico associada à osteoartrite do joelho. A perda de cartilagem na osteoartrite do joelho pode ser causada por:

Lesão no joelho anterior
Tensão repetitiva no joelho
Fratura, lágrima e lesões meniscais, qualquer uma das quais pode afetar o alinhamento do joelho e da perna, promovendo ainda mais o desgaste
Predisposição genética a anormalidades da cartilagem e osteoartrite do joelho
Obesidade e excesso de peso que adicionam estresse e carga à articulação afetada; o tecido adiposo aumenta as citocinas pró-inflamatórias; e a leptina pode desempenhar um papel.
Problemas com o osso subcondral (a camada óssea embaixo da cartilagem no joelho)

Diagnóstico 

Como é o caso de qualquer tipo de artrite suspeita, a consulta inicial com seu médico começa com uma discussão sobre os sintomas que você tem experimentado.

Uma revisão de seu histórico médico e um exame físico são seguidos. Você também deve esperar que testes de diagnóstico sejam solicitados – exames de sangue para descartar outros tipos de artrite e raios-x para procurar evidências de danos nas articulações.

Durante o exame físico, seu médico observará o joelho afetado por inchaço, vermelhidão, calor e deformidade (por exemplo, deformidade varus versus valgus).

Recomendamos para você:  Outubro Rosa - Obesidade pode aumentar riscos de câncer de mama

O seu médico irá avaliar a amplitude de movimento de forma passiva e ativa, e observe se há ternura ao toque. O seu médico irá observar a sua marcha, bem como sinais de dor aumentada com peso.

Com osteoartrite, geralmente um joelho é afetado mais do que o outro, mas ambos podem ser afetados, tipicamente em momentos diferentes.

Estudos de imagem são necessários para procurar evidências de mudanças estruturais consistentes com osteoartrite e para descartar outras condições.

Os raios-X simples são ordenadas primeiro e, se for necessário uma imagem mais detalhada, uma varredura de MRI ou CT pode ser solicitada. A cirurgia artroscópica do joelho é outra maneira de ver a condição do joelho.

O exame e os estudos de imagem revelarão qual componente do joelho é afetado. A articulação patelofemoral e a articulação tibiofemoral medial são mais freqüentemente afetadas pela osteoartrite.

A articulação tibiofemoral lateral é menos comumente afetada pela osteoartrite. Como você pode esperar, a localização da dor oferece uma boa indicação de qual componente do joelho está envolvido.

A dor na articulação femoropateliana geralmente é agravada por um longo período de sessão, parando de uma cadeira baixa, subindo escadas ou descendo uma inclinação.

A dor no joelho anterior que irradia distalmente pode ser consistente com osteoartrite moderada a grave do joelho. A dor no joelho associada à interrupção do sono geralmente é indicativa de osteoartrite avançada.

Geralmente, não há dor posterior ao joelho, a menos que seja associado a um cisto.

Tratamento 

A osteoartrite do joelho não pode ser curada, mas há tratamentos disponíveis para ajudar a gerenciar os sintomas.

Existem opções de tratamento farmacológico e não farmacológico. Medicamentos sem receita médica, como o acetaminofeno, podem ajudar com alívio da dor.

Recomendamos para você:  EUA aprovam terapia inédita para tratamento do câncer

Alguns pacientes obtêm melhor alívio da dor de tomar um dos AINEs (antiinflamatórios não esteróides) ou Celebrex (celecoxib), o único inibidor seletivo de COX-2 que ainda é comercializado nos EUA.

Existem também medicamentos analgésicos opióides disponíveis para pacientes que precisam de um alívio da dor mais forte.

Além das medicações orais, outras opções de tratamento para osteoartrite do joelho incluem injeções intra-articulares locais de esteróides ou viscosupplements. As injeções de esteróides são usadas para aliviar rapidamente a dor e a inflamação.

Os viscosupletos ou os hialuronatos são substâncias semelhantes a gel que podem ser injetadas no joelho afetado com a intenção de proporcionar lubrificação e amortecimento, de forma semelhante às propriedades do líquido sinovial em uma articulação normal.

Existem várias maneiras  para administrar a osteoartrite do joelho:

Exercício, atividade física, fisioterapia – O movimento e a atividade são essenciais para melhorar e preservar a força e a amplitude de movimento.

Mantenha seu peso ideal ou perca peso se você estiver com excesso de peso – prestar atenção ao seu peso é importante para controlar a osteoartrite do joelho.

Joio ou suporte – Usar uma cinta de joelho fornece suporte, estabilidade e alívio da dor.

Quente e frio – A aplicação de calor ou frio (e..g, gel packs) pode ajudar a aliviar a dor e a inflamação.

Os cremes tópicos (sem receita médica) são uma opção para o alívio da dor; receita O medicamento Voltaren (diclofenac) é um AINE tópico.

Cirurgia de substituição do joelho – um último recurso após tratamentos conservadores não conseguiram produzir uma resposta adequada.

Fonte: www.verywell.com

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

NOSSA MISSÃO:
Ser um sistema global de armazenamento de informações de saúde on-line, colaborativo, contemplando multifunções e cruzamento de dados, proporcionando o bem estar do ser humano através da segurança do histórico de saúde.

NOSSA VISÃO:
Tornar-se o sistema mundial de referência da informação da área da saúde até 2022, gerando dados relevantes e importantes para o ser humano.

NOSSOS VALORES:
Respeito, Igualdade, Confiança, Ética, Segurança, Qualidade de vida.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários