Pressão alta: O que é e porque ela é tão importante para você

Se você acha que não tem, não se engane. Ela pode ser um inimigo silencioso que só irá se manifestar quando for tarde demais.

23/01/2015

Pressão alta: O que é e porque ela é tão importante para você Se você acha que não tem, não se engane. Ela pode ser um inimigo silencioso que só irá se manifestar quando for tarde demais.

Pressão alta, também conhecida como hipertensão ou alta pressão sanguínea, é uma disfunção muito grave do organismo e as vezes muito mal interpretada pelas pessoas. Ela pode desencadear doenças coronárias do coração, falhas no coração, derrames e outros problemas de saúde.

Alguns pensam que ela está diretamente ligada com o estresse, tensão e nervosismo. Mas a verdade é que esta não é a real causa: você pode ser uma pessoa calma e relaxada e ainda ter pressão alta.

Mas então o que é a pressão alta, quais são suas causas e os riscos que ela traz para sua saúde? Continue lendo e descubra.

Veja Também:

O que é a pressão alta?

Para entender como a sua pressão sanguínea fica alta, primeiro vamos entender o que é o fluxo sanguíneo e a pressão sanguínea. Pressão sanguínea é a força que o sangue faz contra as veias e artérias enquanto o coração bombeia o sangue.

Pressão alta: O que é e porque ela é tão importante para você Se você acha que não tem, não se engane. Ela pode ser um inimigo silencioso que só irá se manifestar quando for tarde demais.

Força que o sangue faz contra as paredes das veias e artérias.

O coração precisa bombear sangue para todo o seu corpo, levando oxigênio e nutrientes para todos os seus órgãos e tecidos. Então ele precisa ter a força exata para que o sangue chegue na ponta da sua cabeça até o dedão dos pés, porém esta força não pode ser muito alta porque pode estourar as veias.

Vamos fazer uma analogia com uma caixa d’água. Imagine que ela está situada no meio de um prédio. Ela precisa bombear água para cima até o último andar e mandar água para baixo, até o primeiro.

Se a pressão da água for muito grande, os canos não irão suportar e irão estourar. Os canos são suas veias e a caixa d’água + as bombas seu coração. (a diferença é que a água não retorna para a caixa d’água depois de utilizada, mas deu pra entender não? ).

Naturalmente, a pressão é maior quando o sangue deixa o coração, pela aorta – por isso ela é a maior veia do corpo humano – e vai decrescendo conforme vai passando por veias menores e menores (artérias, arteríolas e capilares). O sangue consegue voltar ao coração ajudado pela gravidade e as contrações musculares.

Pressão alta: O que é e porque ela é tão importante para você Se você acha que não tem, não se engane. Ela pode ser um inimigo silencioso que só irá se manifestar quando for tarde demais.

Representação macro do Sistema Circulatório: Caminho principal por onde o sangue passa.

A hipertensão ou pressão alta é quanto existe uma força muito grande que o sangue está fazendo contra as paredes das veias. Ela é também conhecida como o “matador silencioso” uma vez que muitas pessoas têm e nem sabem. Durante este tempo ela vai danificando seu coração, veias, rins outras partes do seu corpo, até que você só descobre quando já tarde e está com alguma outra doença grave.

Recomendamos para você:  15 dicas para você pegar no sono e relaxar

Quais as vantagens de manter a pressão sanguínea sobre controle?

Como dito anteriormente, a pressão sanguínea alta danifica alguns órgãos do seu corpo. Mantendo ela sobre controle você evita este estrago e previne de algumas doenças. As principais vantagens são:

– Redução do risco das paredes de suas veias sofrerem cicatrizes ou machucados, o que pode acarretar em piora do quadro de pressão alta;

– Reduz o risco de ter ataque cardíaco ou outra falha do coração, derrame, falhas nos rins ou doenças vasculares periféricas;

– Protege todo seu corpo pois ele recebe a quantidade certa de oxigênio e nutrientes que garantem o seu bom funcionamento;

– Com o corpo com as funcionalidades em dia, você terá até maior disposição;

Como é medida a pressão?

Então você já entendeu que o coração precisa levar nutrientes e oxigênio para todo o corpo, e este processo cria uma pressão nas paredes das veias, chamada pressão sanguínea. Mas como ele faz isso?

Bom, o coração bate, até ai nada de novo, mas ele bate em dois movimentos e são eles os responsáveis pela pressão arterial. O primeiro é chamado de sístole, que é quando o coração bombeia o sangue para todo o corpo e o segundo é a diástole, quando ele relaxa deixando novo sangue entrar para ser bombeado novamente.

Pressão alta: O que é e porque ela é tão importante para você Se você acha que não tem, não se engane. Ela pode ser um inimigo silencioso que só irá se manifestar quando for tarde demais.

Batimentos Cardíacos e seus dois passos: Bombear o sangue e relaxar para que o novo sangue entre e um novo ciclo comece.

Quando medimos a pressão sanguínea temos dois números, o maior é o dá sístole (coração bombeando sangue) e o segundo, o menor é o da diástole (coração relaxado se enchendo de sangue). Os valores de referência são o 120/80mmHg, onde mmHg quer dizer milímetros de Mercúrio que é a forma que o aparelho que mede sua pressão faz esta leitura.

Não vamos entrar muito em detalhes sobre os valores agora, mas rapidamente, o fato é que para valores mais baixos, quanto mais baixo melhor desde não se manifeste nenhum sintoma como tonturas e outros. E para valores muito maiores acima de 140/80mmHg por exemplo é onde mora o maior perigo.

O que acontece no corpo quando a pressão está alta?

Artérias sadias são feitas de músculos semi-flexíveis, que se alongam como elásticos quando o coração bombeia sangue por elas. Quanto mais forte o sangue é bombeado, mais as artérias se dilatam deixando o sangue passar mais facilmente por elas. Com o passar do tempo se as paredes das artérias são sempre esticadas além do seu limite, elas sofrem danos e cicatrizes o que pode causar sérios problemas como:

Recomendamos para você:  Fones de ouvido podem causar perda da audição, alerta conselho!

– Fraqueza vascular:

O constante hiper alongamento das veias causa primeiramente pontos fracos nas paredes vasculares (dos vasos sanguíneos ou também conhecidas como as veias) que são mais susceptíveis a ruptura. Esta ruptura pode causar AVC (acidente vascular cerebral, ou o popular derrame) hemorrágico ou aneurismas por exemplo.

– Cicatrizes vasculares:

Depois a constante pressão alta causa pequenas rupturas nas paredes das veias, que não chegam a rompê-las totalmente mas causam cicatrizes. Estas cicatrizes podem atuar como verdadeiras “teias de aranha”, capturando detritos como colesterol e até mesmo células sanguíneas que passam por onde elas estão.

– Aumenta o risco de coágulos sanguíneos:

Sangue parado nas veias causa coágulos sanguíneos, o que vai entupindo cada vez mais os vasos sanguíneos e até mesmo bloqueando totalmente as vezes. Quando isso acontece, vem o ataque cardíaco ou o AVC.

Pressão alta: O que é e porque ela é tão importante para você Se você acha que não tem, não se engane. Ela pode ser um inimigo silencioso que só irá se manifestar quando for tarde demais.

Gorduras ou sangue parado nas veias podem bloquear o fluxo sanguíneo.

– Maior acúmulo de placas:

O mesmo se aplica ao fluxo sanguíneo como um todo. O acúmulo de colesterol e placas sanguíneas nos locais danificados das artérias pode causar a diminuição ou até mesmo a interrupção total do fluxo sanguíneo naquele vaso. Isso faz com que o coração trabalhe mais para levar o sangue necessário para todo o sistema, o que aumenta a pressão sanguínea. E ainda se as placas se fragmentarem e viajarem para outras partes do corpo e ainda se o acumulo entupir completamente as veias, ai é quando os ataques cardíacos e AVC’s ocorrem.

– Tecidos e órgãos danificados pelo afinamento e entupimento das artérias e veias:

As artérias do outro lado do bloqueio e os órgãos que elas alimentam ficam prejudicados por não receber sangue (e consequentemente oxigênio e nutrientes) suficientes para conseguir se manter saudáveis.

– Aumenta o trabalho do sistema circulatório como um todo:

Com alguns caminhos (veias e artérias) para o sague percorrer bloqueados, mais sangue (aquele que deveria passar pelos caminhos que agora estão bloqueados) precisa passar pelas veias livres, o que sobrecarrega todo o sistema. Para entender melhor, pense que 2 avenidas grandes podem ser usadas para chegar a uma certa cidade no litoral.

Recomendamos para você:  Cuidar da saúde: 3 motivos para pensar porque você deve querer fazer isso.

Quando as duas avenidas estão abertas, o trânsito flui normalmente, mas basta um acidente em uma delas e um eventual bloqueio, para que o transito seja desviado para a outra, causando congestionamentos gigantescos. É a mesma coisa com nosso sistema circulatório.

– Aumento de atividade do coração: Com alguns caminhos bloqueados, o coração precisa trabalhar mais para mandar o sangue para o corpo todo pelos caminhos que ainda estão livres. Com o passar do tempo, este tipo de situação pode causar donos ao próprio coração, danos musculares ou nas válvulas por exemplo, causando eventual falha do órgão.

Pressão alta é muito séria e deve ser tratada

Agora vamos imaginar o seguinte: Todo seu corpo é coberto por uma malha de veias e artérias para nutrir todos os órgão e tecidos e também levar oxigênio, mantendo-os saudáveis. Pense se estas falhas acontecerem nas veias dos rins, ou do cérebro, até mesmo de seus olhos.

Pois é, a pressão alta constante pode danificar tecidos dos rins, cérebro, olhos, coração antes mesmo que você sinta alguma coisa. Quando vai sentir, talvez já seja tarde, podendo ter um ataque cardíaco, AVC, falhas nos rins e outros problemas cardíacos que dependendo do estágio, podem levar a morte já na primeira crise.

Pressão alta: O que é e porque ela é tão importante para você Se você acha que não tem, não se engane. Ela pode ser um inimigo silencioso que só irá se manifestar quando for tarde demais.

Evite o susto: Não espere a pressão ficar alta para controlar e monitorar. Pode ser tarde demais!

Veja Também:

E a pior parte é que você pode ter pressão alta e nem saber disso, deixando que ela te ataque internamente em silêncio para quando se manifestar, já estar bem forte e diminuir e muito seu poder de reação.

E depois não adianta falar: “mas como isso agora, nunca tive isso antes”, pois não é no momento de um ataque cardíaco ou AVC que as coisas saem errado, mas sim eles acontecem porque as coisas estão erradas há muito tempo e você nunca fez nada sobre o assunto.

Por isso, vá periodicamente ao médico e faça exames regularmente. Eles irão te dar a leitura de como estão as coisas com o seu corpo. Para estar sempre bem, procure praticar hábitos saudáveis como alimentação regrada, exercícios físicos, meditação e outros.

Assim você garante que não está entupindo ou danificando suas veias e seus órgãos e diminui drasticamente a chance de ser pego de surpresa por algumas dessas doenças que comentamos aqui que, quando se manifestam, são implacáveis e podem levar a morte ou pior, deixar sequelas gravíssimas como paralisias e até estados vegetativos.

Consultas:

  1. American Heart Association
  1. National Heart, Lung and Blood Institute
  1. emedicinehealth

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

CEO da Rais Saúde e da Connect HealthCare.
Técnico em Alimentos pelo CEFET-PR (99), Engenheiro Eletricista pela UDESC-SC (2009), MBA em Gestão empresarial pela FGV (2013), Trainee e 5 anos de experiência com Gestão de Projetos e Pessoas pela indústria de linha branca (2009-2014). Curioso em programação, blogs e sistemas e tudo que envolva Startups (minha fase atual profissional).

Atleta desde pequeno, apaixonado por basquete (já fui atleta semi-profissional na juventude), por academia e corrida (mas adoro esportes em geral) e música (toco meu violãozinho meia boca).

Também gosto de ciência (de onde viemos e para onde vamos) e neurociência, meditação e sempre curioso sobre como deixar nossa máquina “corpo humano” mais afinada e obter a melhor performance para o nosso dia-a-dia.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários