Tamanho é documento, sim: pessoas inteligentes têm neurônios maiores, segundo estudo!

Pesquisa analisou células neurais de 35 pessoas, e afirma que quanto maior, melhor.

Você está cansado que ouvir que tamanho não é documento, não é? Bom, neste caso, o ditado popular não está totalmente certo! De acordo com um estudo holandês, feito na Universidade Livre de Amsterdã, podemos dizer que quanto maiores forem seus neurônios, mais inteligente você é! Isso porque a pesquisa foi por um novo caminho, e provou que quanto maior é a célula, melhor.

A pesquisa contou com a coleta de tecido cerebral de 35 pessoas que fizeram cirurgia para tumores no cérebro, mas que anterior à isso, haviam feito um teste de QI. As células coletadas eram de uma região lobo temporal, que é responsável por funções como memória, reconhecimento de sinais e linguagens, que são características diretamente associadas à inteligência. Com a análise das amostras, constatou-se que as células das pessoas com os melhores QIs eram significativamente maiores que a dos outros com menores pontuações.

Os dendritos (que são as extremidades dos neurônios, que recebem e transmitem sinais elétricos) nessas pessoas, também eram maiores e mais abundantes, o que, em tese, favorece o processamento de informações, relacionado-se ao aprendizado, uma vez que quanto mais ligações os neurônios fazem, mais informações podem ser armazenadas.

Os cientistas também fizeram testes relativos ao processo de transmissão de informações, avaliando a passagem dos impulsos elétricos. E os resultados só reafirmaram os anteriores: os neurônios das pessoas com o QI mais alto transmitem impulsos mais rápido e durante mais tempo. Richard Haier, da Universidade da Califórnia, afirmou à revista New Scientist: “Talvez sejamos capazes de tratar deficiências intelectuais ou até impedir que elas ocorram”.

As pesquisas até então ligadas ao intelecto haviam identificado regiões do cérebro envolvidas com a capacidade de desenvolver certas habilidades, e chegou também a selecionar genes relacionados ao QI. Mas é a primeira vez que o nível de inteligência é associado ao tamanho das células cerebrais, e isso pode ser uma chave para desenvolver técnicas realmente eficazes que aumentem nossa inteligência.

Recomendamos para você:  Omeprazol dobra risco de câncer no estômago, diz estudo!

Esse é o primeiro estudo que fornece evidências de que a inteligência humana pode ser medida a partir das células cerebrais!

Com informações Revista Super Interessante

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

NOSSA MISSÃO:
Ser um sistema global de armazenamento de informações de saúde on-line, colaborativo, contemplando multifunções e cruzamento de dados, proporcionando o bem estar do ser humano através da segurança do histórico de saúde.

NOSSA VISÃO:
Tornar-se o sistema mundial de referência da informação da área da saúde até 2022, gerando dados relevantes e importantes para o ser humano.

NOSSOS VALORES:
Respeito, Igualdade, Confiança, Ética, Segurança, Qualidade de vida.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários