Tirar cera do ouvido aumenta risco de infecções!

Entre as suas funções, a cera de ouvido possui ação antibacteriana e antifúngica!

Você sabe a importância da cera no ouvido? A cera (ou cerume) é produzida por glândulas da pele da porção mais externa do canal auditivo. Ela é formada pela secreção das glândulas, que é rica em gordura e descamação de pele, possuindo várias funções. Por ser oleosa, ela não deixa que a pele do conduto auditivo resseque, sendo uma barreira de proteção, que filtra impurezas e corpos estranhos. Também possui ação antibacteriana e antifúngica.

Quando a cera é produzida, ela segue um trajeto no canal auditivo até sua saída. Quando nós mastigamos ou falamos, a mandíbula se move e carrega a cera para fora do canal auditivo. E é esta, somente, a parte que podemos limpar, e não dentro do canal auditivo. O excesso de cera produzido já é eliminado pelo nosso corpo.

Por que não podemos retirar a cera do ouvido?

Você tem o hábito de tirar cera do ouvido com cotonete?

Além de deixar a pele extremamente seca,  gerando muita coceira, segundo a otorrinolaringologista Samanta Dall’Agnese,  quando tiramos a cera, tiramos a proteção natural contra os microorganismos, promovendo a possibilidades de risco de infecções. As infecções do canal auditivo costumam ser muito dolorosas e precisam de tratamento com antibióticos locais.

 Além disso, a coceira se torna um círculo vicioso, com muita irritação no local e eventualmente infecção (otite), e tentativas de forma excessiva promovem trauma na pele do ouvido, causando dor.

O ato também pode empurrar a cera para dentro do ouvido, obstruindo o canal e dando a sensação de surdez. Neste caso, em geral é necessária a retirada pelo médico, por meio de lavagem ou aspiração. Se a haste flexível for introduzida até o fundo do canal do ouvido, pode chegar à membrana timpânica, podendo até perfurá-la e levar a uma perda auditiva.

Recomendamos para você:  Práticas e cuidados para envelhecer com saúde

Aposente a haste flexível

O recomendado para a limpeza dos ouvidos é usar apenas toalha, para secar após o banho. O uso de haste flexível não é recomendado, pois ela acaba sendo introduzida dentro do canal auditivo com frequência.

O intervalo de tempo para essa limpeza precisa ser feita depende de cada pessoa, não existe uma regra. Na verdade, pelo fato de nosso ouvido ser “auto-limpante”, quanto menos limpeza, melhor.

E se for um hábito, devemos lembrar de tomar o cuidado de só limpar externamente.

Fonte: Catraca Livre e Minha Vida

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

NOSSA MISSÃO:
Ser um sistema global de armazenamento de informações de saúde on-line, colaborativo, contemplando multifunções e cruzamento de dados, proporcionando o bem estar do ser humano através da segurança do histórico de saúde.

NOSSA VISÃO:
Tornar-se o sistema mundial de referência da informação da área da saúde até 2022, gerando dados relevantes e importantes para o ser humano.

NOSSOS VALORES:
Respeito, Igualdade, Confiança, Ética, Segurança, Qualidade de vida.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários