5 dicas para criar um novo hábito

Os hábitos fazem mais parte da nossa vida do que imaginamos. Mas criar um novo hábito pode ser um processo doloroso se você não tem a estratégia certa para vencer.

06/02/2015

rais-data-saude-novos-habitos-como-criar

Um novo hábito pode ser a chave do sucesso para o que você desejar fazer. Os hábitos fazem mais parte da nossa vida do que imaginamos. Dormir, comer, ler jornal, assistir televisão, passar no shopping, escovar os dentes, enfim, eles são muitos.

Segundo pesquisadores da universidade de Duke, na Carolina do Norte, os hábitos fazem parte de mais de 40% do nosso dia. Eles podem ser hábitos produtivos ou improdutivos, mas eles estão lá.

Entender quais são os seus hábitos e como eles se instalam é muito importante. Com isso, você irá perceber como você está levando a sua vida e para onde está indo.

Também, compreender os hábitos atuais irá te ajudar no processo de construir um novo hábito. Tudo isso serve para alcançar um novo objetivo, seja ele perder peso, ter uma vida mais saudável, ser mais feliz, ganhar mais dinheiro enfim, qualquer coisa que você queira.

Criar um novo hábito é uma excelente maneira de alcançar algo desejado. Pois quando algo se torna rotineiro, você não desprende mais tanta energia mental para fazer. Com isso, seus objetivos são alcançados mais rapidamente.

Confira algumas dicas apresentadas pela revista Business Insider para desenvolver hábitos que irão ajudar a alcançar seus objetivos.

  1. Comece com algo incrivelmente pequeno.

Faça isso tão pequeno que você não terá a possibilidade de dizer não.

Geralmente você não começa algo ou desiste facilmente porque já quer fazer algo grandioso, no primeiro dia.

Cientificamente falando, a força de vontade de fazer algo novo é limitada, você gasta ela todos os dias. Por isso, se você estiver fazendo algo muito grande e gastando toda sua força de vontade, logo não terá mais nenhuma. E então irá parar de fazer o que havia começado.

Recomendamos para você:  Seu suor pode dizer muito sobre você.

O segredo é tornar este algo em um hábito, algo que você não gaste força para fazer. Por isso, comece pequeno que será mais fácil.

Se importe mais com a frequência do que com a intensidade.

Mantenha a frequência. Outro ponto é que a motivação se dá em ondas. Por isso você se sente as vezes muito motivado e as vezes muito desmotivado. Se algo for pequeno, você não irá gastar tanta energia, mesmo nos dias que você está desmotivado e ai será mais fácil em tornar isso um hábito.

É difícil ir à academia todos os dias? Comece indo 2 vezes por semana. É difícil correr por 50 minutos? Comece correndo 20 minutos e bem devagar. Assim as coisas vão parecer menos difíceis e com a frequência, você irá se acostumar e construir um hábito.

Veja mais: 8 dicas para você começar o dia turbinado

  1. Vá aumentando o novo hábito aos poucos

Não tente crescer muito rápido, isso pode se tornar insustentável e você perderá a frequência. Tente aumentar aos poucos.

Aumentando aos poucos você não consome toda a sua força de vontade no começo e consegue manter a frequência da atividade, construindo assim um hábito.

E quando você olhar para um período de tempo maior (maior do que 1 semana ou 1 mês, olhe para 1 ano) você verá que obteve resultados.

Ao invés de querer correr 50 minutos, comece com 20 minutos e vá aumentando de 1 em 1 minuto por dia. Sem perceber você irá progredir e alcançar seu objetivo.

  1. Conforme vai crescendo, vá também dividindo seus hábitos

Se você for melhorando um pouco cada dia, em 2 ou 3 meses você já conseguirá um bom resultado. Para manter a motivação, o importante é não gastar a força de vontade, fazer algo leve e prazeroso sempre, não somente no começo das atividades.

Recomendamos para você:  Treinar médicos já não é como antes. Robôs auxiliares choram, sangram, urinam e até dão à luz.

O segredo é conseguir superar os momentos em que não está motivado e manter a constância, a longo prazo você irá conseguir alcançar seus resultados.

Por isso, quebre as atividades para ainda permanecerem sem desprender muita força de vontade para fazer.

Se quer correr 50 minutos todos os dias, comece com 1 dia 20 minutos, vá aumentando de 1 em 1 minuto até chegar aos 40. Depois quebre em 2 dias e assim por diante. Em um período maior, você logo logo estará nos 50 minutos todos os dias.

rais-data-saude-novos-habitos-como-criar-cortar-em-dois

Se algo se tornou muito grande, divida. Será mais fácil carregar!

Veja mais: Se sentindo cansado o tempo inteiro? Estes 14 hábitos ruins podem ser a causa.

  1. Quando você “dormir”, volte para a estrada rapidamente

Nunca tente ser perfeito, porque o erro é certo.

Até mesmo as pessoas de alta performance erram, mas a diferença é o quão rápido elas se levantam e voltam para o jogo.

Quebre o paradigma do “tudo ou nada”. Pense a longo prazo e planeje a falha.

Você não precisa querer falhar, mas sim planeja uma estratégia para caso a falha aconteça.

Uma maneira de se desmotivar é quando se começa a falhar (quando falta a academia 1 vez, ou 1 semana, por exemplo). Pesquisadores dizem que a longo prazo, uma pequena falha não faz diferença se você voltar logo para a estrada.

O que é 1 mês de academia perdida se você malhou os outros 11 no ano? Extrapole, se perder 4 ou 5 meses, ainda terá malhado mais da metade e com certeza será muito melhor do que ficar parado o ano todo.

Então, se vai viajar e não conseguirá correr naquele dia, já deixe planejado a semana ou o mês e quando voltar de viagem, volte normalmente as atividades. Se não conseguir voltar ao mesmo nível que antes, não tem problema.

Recomendamos para você:  Quantos anos você irá viver e como envelhecerá?

Siga a estratégia: Começar, melhorar aos poucos, dividir o esforço e planejar a próxima falha. Faça o plano e siga o plano e tudo dará certo a longo prazo.

Veja mais: Estressado demais? Que tal respirar melhor?

  1. Seja paciente, se apegue ao pedaço que você poderá manter

O segredo do progresso em qualquer coisa que você faça é ser paciente e consistente. Se você entender isso, você pode errar, mas conseguirá voltar logo ao plano e seguir e no longo prazo, terá feito progressos.

A ansiedade pode fazer você querer ir rápido demais e deixar para trás pedaços importantes do desenvolvimento. Se você quiser aumentar o peso muito rápido na academia, provavelmente irá se machucar facilmente, o que irá provocar uma desmotivação. Se você quiser aumentar sua carteira de clientes muito rapidamente, irá deixar alguns para trás insatisfeitos e isso pode ter consequências graves a longo prazo.

Muitas vezes o que não se percebe é que a vontade de querer ir rápido demais pode ser um destruidor da motivação para continuar. Nenhum resultado acontece da noite para o dia, você precisa construir algo aos poucos, e sólido.

Novos hábitos tendem a ser fáceis, principalmente no começo. Se você mantê-los dessa forma, sem gastar sua força de vontade para faze-los, e fazer com que se desenvolvam na velocidade certa, eles irão crescer fortes e sustentáveis e os resultados irão aparecer.

rais-data-saude-novos-habitos-como-criar-plantar-semente

Um novo hábito é como uma semente plantada: Precisa de tempo e das condições necessárias para crescer forte e saudável. Pode até ter uma chuva, mas quanto mais rápido ela se recuperar, mais forte irá crescer!

Pense a longo prazo. Se você fizer cada dia um pouco, no final de um ano você terá feito um grande progresso, mesmo com algumas escorregadas durante o caminho.

Planeje suas expectativas para esta velocidade, menor, com alguns erros de percurso, mas constante, e com certeza você irá conseguir alcançar seus objetivos mais rápido do que você imagina.

Consultas:

  1. Business Insider
  1. USC University of Southern California

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

CEO da Rais Saúde e da Connect HealthCare.
Técnico em Alimentos pelo CEFET-PR (99), Engenheiro Eletricista pela UDESC-SC (2009), MBA em Gestão empresarial pela FGV (2013), Trainee e 5 anos de experiência com Gestão de Projetos e Pessoas pela indústria de linha branca (2009-2014). Curioso em programação, blogs e sistemas e tudo que envolva Startups (minha fase atual profissional).

Atleta desde pequeno, apaixonado por basquete (já fui atleta semi-profissional na juventude), por academia e corrida (mas adoro esportes em geral) e música (toco meu violãozinho meia boca).

Também gosto de ciência (de onde viemos e para onde vamos) e neurociência, meditação e sempre curioso sobre como deixar nossa máquina “corpo humano” mais afinada e obter a melhor performance para o nosso dia-a-dia.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários