DENGUE

Doença virótica aguda, transmitida por um mosquito (Aëdes egypti).

25/11/2016

A dengue é uma doença virótica aguda, transmitida por um mosquito (Aëdes egypti).

É caracterizada por dores severas nos ossos, músculos e articulações, febre, erupção da pele eritematosa ou maculopapular, prostração grave e leucopenia pronunciada. Nos casos fatais, são descritas alterações degenerativas do fígado, rins, coração e cérebro, com hemorragias petequiais em vários órgãos. O agente é considerado um arbovírus grupo “B” .

Filo Arthropoda   è   Classe  Insecta  ou  Hexapoda   è   Ordem  Díptera è    è   Subordem Nematócera  è  Família Culicidae  è  Gênero  Aëdes, Anopheles e Culex.

Os focos de alta endemicidade, outras espécies podem participar do sistema de transmissão como vetores ocasionais. Todos pertencem à família Culicidae.

Os culicíneos na fase alada podem ser distinguidos facilmente pela atitude que adotam quando estão pousados (com o tórax e o abdome paralelos à superfície de pouso).

Apenas as fêmeas têm hábitos hematófagos e necessitam de um repasto sanguíneo antes de cada ciclo de oviposição. No Aëdes egypti o vírus (Arbovírus) pode manter-se durante 3 meses, se não se alimentar de sangue de animais imunes.

O Aëdes egypti têm origem africana, trazido para as américas logo após o descobrimento. É um mosquito rajado, de colorido geral escuro, com manchas brancas pelo corpo. Sua identificação é facilitada pela presença no dorso (mesonoto) de um desenho prateado em forma de lira, que pode ser distinguido mesmo a olho nu.

Escamas brancas, alternando-se com manchas escuras, são encontradas na região posterior da cabeça (occipidio), nos seguimentos abdominais, as manchas brancas formam cintos junto à base de cada um, as pernas apresentam anéis brancos contrastando com sua cor escura

Tendo se adaptado a viver no domicílio e no peridomicílio humano, esse mosquito põe seus ovos em recipientes com água, como tanques, barris, potes, latas, vasos de flores, pias, calhas, caixas d’água, pneus, nos verticilos das folhas de bromélias e em qualquer outro lugar que se acumule água limpa.

Recomendamos para você:  Busca pela perfeição cresceu 33% em cerca de 30 anos, mostra estudo!

Na falta de água os ovos resistem por muitos meses. Em condições normais uma fêmea põe, parceladamente 70 a 150 ovos alimentando-se de sangue 12 vezes ou mais , durante um mês.

–          O Aëdes Egypti têm hábitos diurnos e preferência por sugar o homem. Recolhe-se no interior das casas, para repousar, nos cantos sombrios, atrás de móveis, quadros etc.

ARBOVIROSE

O termo Arboviroses designa um grupo de doenças causadas por arbovírus (abreviação da expressão inglesa “arthropode borne viruses” , ou seja, vírus transmitidos por artrópodes). Imunologicamente são divididos em mais de 20 subgrupos e reunidos em vários grupos e os principais denominados são “A, B e C” . O vírus da dengue pertence ao grupo “B”.

Estes vírus variam de tamanho entre 25 e 50 mile microns, raramente alcançando dimensões maiores.

Diagnóstico:

Sorotipos da Dengue è Dem1, Dem2, Dem3, Dem4.

Se o paciente tiver a Dengue terá imunidade apenas de um sorotipo, podendo a vir ter a Dengue novamente com os outros sorotipos.

O diagnóstico se dá por imunocromatografia ou através do ensáio de ELISA quantificandoas imunoglobulinas IgG  e  IgM.

06/08/2003

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Analista Clínico, Hematologista e participante do Programa de Estudos Avançados em Administração Hospitalar e de Sistemas de Saúde – Gestão em Laboratório de Patologia Clínica pelo HC/FMUSP.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários