Inverno e doenças cardiovasculares: influência do frio na saúde do coração | Rebric

Você sabia que não são apenas as doenças respiratórias que se agravam no frio?

17/07/2019

Você sabia que não são apenas as doenças respiratórias que se agravam no frio? Infelizmente, o inverno e doenças cardiovasculares são duas coisas que também estão relacionadas. Com as baixas temperaturas, o coração também sofre e pode dar alerta de problemas sérios.

Estudos realizados pela Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein apontam que o frio aumenta em 30% os casos de internação por problemas no coração. Isso acontece por que o tempo seco, a poluição excessiva nas grandes cidades e o aumento de epidemias agravam muito os casos de doenças cardiovasculares.

Entre os casos de doenças cardiovasculares mais comuns no inverno, estão o infarto do miocárdio, o acidente vascular cerebral (AVC), a angina e a isquemia no coração. Sem contar que os casos de arritmias cardíacas também aumentam em cidades com a poluição elevada.

Para que você entenda melhor por que inverno e doenças cardiovasculares estão relacionados, resolvemos te explicar com detalhes. Leia a seguir e acompanhe:

Inverno e doenças cardiovasculares: entenda essa relação

Saiba por que os problemas no coração aumentam no inverno e o que você pode fazer para evitar este tipo de problema.

Causas do aumento das doenças cardiovasculares no inverno:

Tempo seco

Durante o frio, o nosso corpo faz com que os vasos sanguíneos se contraiam. Com isso, mais adrenalina é liberada no organismo e, consequentemente, a pressão arterial aumenta, fazendo os vasos sanguíneos sofrem uma pressão, podendo causar problemas sérios e o tempo seco pode ser um grande agravante.

Isso porque, durante o frio, há uma diminuição significativa de chuvas, o que faz com que a umidade do ar diminua. Com isso, há uma dificuldade respiratória que influencia diretamente o funcionamento adequado do músculo do coração.

Assim, a dica para que o ar seco não afete muito o corpo humano, é manter sempre a hidratação em dia – bebendo água na quantidade indicada para você (lembrando que alguns pacientes precisam ter um controle da ingestão de água, mas se esse for o seu caso, o seu médico, provavelmente, já deve ter falado isso para você).

Recomendamos para você:  Insuficiência Cardíaca: Mitos da Estabilidade e Hospitalização.

Além disso, evitar o contato com grandes centros poluídos, que deixam o tempo ainda mais seco, pode ser uma forma de evitar que doenças do coração se agravem.

Em casos específicos, fazer inalação com soro fisiológico pode ser uma boa opção. Colocar um vaporizador dentro de casa nos horários de tempo mais seco também pode ser uma forma de manter o ar do ambiente mais úmido.

Aumento da poluição

O aumento da poluição também pode ser um grande agravante para doenças do coração. Isso ocorre porque, ao inalar o ar poluído, o corpo sofre uma elevação significativa da pressão arterial. Com isso, o corpo fica muito mais suscetível a ter um infarto do miocárdio e até mesmo um AVC.

Atualmente, o ar de cidades que possuem uma grande concentração de carros e indústrias possui uma grande quantidade de poluentes. Entre eles estão: monóxido de carbono, dióxido de enxofre, dióxido de nitrogênio e até mesmo chumbo, liberado pelos carros.

Nas grandes cidades, pode-se dizer que os maiores afetados são idosos e hipertensos. Estes grupos específicos precisam tomar os devidos cuidados e estar sempre em acompanhamento com um médico especializado.

Aumento de epidemias

Além da poluição e de problemas com o tempo seco, o aumento de epidemias também pode influenciar no inverno e doenças cardiovasculares. Doenças respiratórias, gripes, pneumonias e até mesmo resfriados podem prejudicar o funcionamento do corpo como um todo.

Ao sofrer de problemas no pulmão, o coração fica sobrecarregado e precisa trabalhar mais. Por isso, tomar a vacina da gripe é obrigatório a todos que possuem doenças do coração e também aqueles que não possuem, para prevenir problemas no coração durante o inverno. Estudos já demonstraram que a vacina da gripes melhora a evolução das doenças cardiovasculares e previne internações.

Prevenção de doenças cardiovasculares no frio

Manter exames em dia

É essencial ter acompanhamento médico adequado. Fazer check-ups rotineiramente e acompanhar a saúde do coração é uma maneira eficaz de prevenir doenças.

Recomendamos para você:  Porque a qualidade da água que você bebe é importante

Pessoas que já possuem um diagnóstico de problema no coração devem redobrar os cuidados. Tomar os medicamentos adequadamente é de suma importância.

Usar agasalho em dias frios

Usar agasalho em dias frios é uma dica simples, mas que pode fazer toda a diferença. Ao manter o corpo aquecido, a temperatura não é alterada e os vasos sanguíneos não são afetados.

Isso faz com que a pressão sanguínea não aumente e os riscos de problemas no coração sejam atenuados. Sem contar que ao manter o corpo agasalhado, é possível prevenir também os problemas respiratórios de origem alérgica.

Manter uma dieta saudável

Falar que o corpo humano é uma máquina é algo óbvio. Porém, é interessante pensar que a maneira como você se alimenta irá influenciar diretamente a saúde dessa “máquina viva”.

Comer uma quantidade elevada de gorduras e alimentos ricos em sal pode prejudicar a saúde do seu coração. Isso faz com que as doenças cardiovasculares (além de diabetes e outros males) estejam mais propensas a acontecer.

Por isso, durante o inverno, dê preferência aos alimentos mais leves, como filés de carne magra e saladas com legumes. Durante a noite, fazer sopas e caldos pode ser uma opção saudável e que mantém o corpo aquecido e hidratado.

Não se esqueça também de tomar a quantidade adequada de água durante o seu dia.

Fazer exercícios físicos

Fazer exercícios físicos pode ser uma maneira eficaz de manter o seu corpo funcionando adequadamente. Porém, se você é sedentário, é imprescindível visitar um médico e fazer uma bateria de exames antes de começar na academia.

Lembre-se de que caminhadas e pequenas corridas também são consideradas atividades físicas, se praticadas por pelo menos 30 minutos.

Recomendamos para você:  Diagnosticando e Tratando INSUFICIÊNCIA CARDÍACA em 3 MOMENTOS e 4 METAS!

Evitar álcool e tabaco

Em qualquer época do ano é interessante evitar o álcool e o tabaco. Porém, durante o inverno é de suma importância que reduza ou deixe de lado as bebidas alcoólicas, é um grande erro achar que o álcool em excesso pode aquecer e fazer o bem. O álcool faz com que o corpo aumente sua pressão arterial, prejudicando os vasos sanguíneos.

Vacinar-se contra a gripe

Tomar a vacina da gripe irá prevenir casos de problemas respiratórios e até mesmo pneumonias. Isso fará com que você mantenha a saúde em dia. Procure um posto de saúde próximo de sua casa e vacine-se. A vacina de gripe é obrigatória a todos com ou sem doenças cardiovasculares, mas é mais importante ainda em pessoas com doenças cardiovasculares como insuficiência cardíaca. Estudos já demonstraram que a vacina diminui a internação e a mortalidade por causas cardiovasculares. Não deixe de tomar!

Gostou de saber um pouco mais sobre inverno e doenças cardiovasculares? Então não deixe de curtir a nossa página e compartilhar as nossas dicas com seus amigos! Deixe deu comentário sobre o que achou do artigo e não deixe de se prevenir contra as doenças do coração no frio.

Este é um texto de autoria da Rebric – Rede Brasileira de Insuficiência Cardíaca

Comentários

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Somos um blog de informações sobre Saúde, Beleza e Vida Saudável. Nosso objetivo é promover informações relevantes em saúde para a população em geral ter uma melhor qualidade de vida. ❤ ❤
Para isso, temos uma produção própria de conteúdo e contamos com parceiros, profissionais de saúde empresas da área, produtoras de conteúdo. Caso você se identifique com nosso propósito, queira se tornar um parceiro do Raislife Blog,  ter um perfil profissional na nossa página e poder divulgar seus conteúdos de forma GRATUITA, entre em contato conosco pelo email contato@raislife.com. Vamos juntos promover saúde e qualidade de vida para todos. ❤ ❤ ❤ ❤

Receba mais saúde por e-mail.