Pedra na vesícula: dieta ajuda no controle do problema! Você sabia?

Alimentação correta reduz as chances de formar cálculos biliares, e nos já formados, reduz o risco de complicações.

Cálculos biliares acometem cerca de 20% da população. Eles são causados por uma interação complexa entre fatores dietéticos, genéticos, metabólicos e ambientais. Em sua grande maioria, são formados principalmente por colesterol, dentro da vesícula biliar, por um processo multifatorial que envolve, em graus variados, o excesso de colesterol na bile, a redução de substâncias inibidoras da formação dos cristais, e motilidade prejudicada da vesícula biliar.

Dentre os fatores de risco para a formação de cálculos biliares de colesterol podemos citar alguns:

  • Sexo feminino
  • Obesidade
  • Perda rápida de peso (mais de 1,5 Kg/semana)
  • Gestação
  • Alguns medicamentos como hormônios femininos
  • Dislipidemia
  • Doenças intestinais que acometem o íleo terminal.

A pedra na vesícula aparece, habitualmente, de forma assintomática, mas entre os seus sintomas estão: cólica biliar, colecistite ( que é inflamação da vesícula biliar), além de complicações que podem se tornar mais graves, como colangite (inflamação de um ou mais canais biliares) e pancreatite aguda biliar, por exemplo.

E como a dieta pode ajudar a controlar?

Pois bem, o tratamento também depende estado do paciente, dos sintomas e das complicações existentes, e pode incluir medidas dietéticas, medicamentos e procedimentos endoscópicos, de radiologia intervencionista e cirúrgicos.

Uma vez que os cálculos biliares já estão formados no organismo, a dieta pode reduzir o risco de sintomas e de complicações relativas à litíase biliar. Nessa dieta, deve-se reduzir a quantidade de gordura, limitando com isso a ingestão de alimentos fritos, carnes vermelhas gordurosas, leite integral e seus derivados, ovos, vísceras de animais, doces e algumas comidas processadas, por exemplo. E deve ser evitado todos e quaisquer alimentos que sabidamente provoquem os sintomas, especialmente.

Prevenção

E quando se trata de prevenção da formação dos cálculos biliares, a dieta tem um papel fundamental, e deve ser rica em alimentos antioxidantes, com bastante vegetais e frutas, rica em fibras, cálcio, vitamina C, carnes brancas e leite desnatado e com café em quantidade moderada. As refeições devem ser fracionadas, evitando concentrar uma grande quantidade de gorduras em uma única refeição. Deve ser evitada a obesidade, mas também não pode ocorrer perda rápida de peso (não se deve emagrecer mais de 1,5 Kg/semana). Além da dieta, um programa regular de atividades físicas é importante e pode ajudar a reduzir ainda mais o risco de cálculos biliares!

Recomendamos para você:  Antidepressivos podem favorecer ou blindar o desenvolvimento de alzheimer?

 O tratamento definitivo, quando indicado, habitualmente é cirúrgico, podendo incluir procedimentos endoscópicos complementares. Mas podemos prevenir e até reduzir seus sintomas e complicações com uma dieta específica!

Com informações Minhavida.com


Also published on Medium.

Comentários

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

Somos um blog de informações sobre Saúde, Beleza e Vida Saudável. Nosso objetivo é promover informações relevantes em saúde para a população em geral ter uma melhor qualidade de vida. ❤ ❤
Para isso, temos uma produção própria de conteúdo e contamos com parceiros, profissionais de saúde empresas da área, produtoras de conteúdo. Caso você se identifique com nosso propósito, queira se tornar um parceiro do Raislife Blog,  ter um perfil profissional na nossa página e poder divulgar seus conteúdos de forma GRATUITA, entre em contato conosco pelo email contato@raislife.com. Vamos juntos promover saúde e qualidade de vida para todos. ❤ ❤ ❤ ❤

Receba mais saúde por e-mail.