contato@raislife.com

Confira o que há de novo por aqui.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Siga no instagram

Raislife

@raislifecom
Viva saudável em todos os sentidos da vida
Vida | Saúde | Negócios

Envie uma mensagem para o nosso WhatsApp para contato e parcerias.

cursos

Curta no face

Você sabia? Músicas natalinas não fazem bem à saúde!

“Então é Natal, e o que você fez?” ……..

Você sabia que as tradicionais músicas natalinas podem causar um efeito bastante negativo sobre as pessoas? Sim, não é só impressão sua… O problema não está só nas músicas em si… mas, a repetição excessiva das mesmas músicas pode levar a fadiga cognitiva e stress.

De acordo com um estudo conduzido por Victoria Williamson, da Universidade de Londres, o apreço pelas músicas natalinas cresce no início da época, e, à medida que as pessoas continuam ouvindo as mesmas músicas, o prazer em ouvi-las vai caindo, causando assim, stress: “qualquer pessoa que já tenha trabalhado em uma loja durante o período do Natal vai saber do que estou falando”, afirmou a pesquisadora.

Ainda de acordo com ela, o impacto depende do estado mental anterior à música, isso explica o fato de que algumas pessoas parecem gostar dessas músicas. E, pensando nesta perspectiva, Williamson explica que muitas pessoas encaram problemas nessa época, o que já pode diminuir a predisposição a gostar dessas canções.

A falta de dinheiro para comprar um presente para um familiar querido ou a pressão de viajar ou fazer algo de proveitoso acabam por criar uma pressão. A combinação das músicas às preocupações acaba por aumentar a fadiga mental, explica ela.

Uma pesquisa realizada antigamente já explorava sobre isso: a Consumer Reports, publicação de varejo americana, descobriu em 2011 que 23% dos americanos via nas músicas natalinas o pior lado da data.

Outra pesquisa, essa realizada no Canadá em 2014 por uma empresa de pesquisas, viu que 36% dos entrevistados admitiam deixar uma loja antes do que precisavam por conta da trilha natalina.

Recomendamos para você:  Novo estudo descobre que níveis de vitamina D podem reduzir risco de parto prematuro

É.. o jeito é policiar o estado mental e não associá-lo às músicas? Bom, fica o questionamento.

Com informações Revista Super Interessante

O que achou deste conteúdo?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

comente o que achou do conteúdo

Compartilhe