Tratamentos detox são um mito!

Será que existe alguma dieta que realmente faz a diferença e te deixa mais saudável?

16/01/2015

rais-data-detox-mito-saude

Tratamentos detox são um mito! Alguns vegetais e frutas misturados em água e pronto! Tome todos os dias e você já faz parte da indústria da desintoxicação. Ou algumas pílulas e até mesmo shampoos e a mágica acontece.

São muitos os produtos e métodos que clamam ser “detox”. Mas desintoxicar-se da maneira como é colocada, de que você pode lavar o seu corpo das impurezas e deixar seus órgãos novinhos em folha, clinicamente falando, não existe.

Apenas dietas balanceadas e exercícios físicos te trazem o benefício de ficar mais saudável. Mas existe alguma dieta que realmente faz a diferença e te deixa mais saudável?

O que é o conceito “detox”?

O conceito de “detox” é simplesmente projetado para te vender coisas. Atualmente existem dois conceitos de desintoxicação, um respeitável pela medicina e outro comercial:  O respeitável é o tratamento médico de pessoas com vícios de drogas e risco de vida. Eles realmente passam por ou tratamento que limpa o corpo das substâncias maléficas das drogas.

Veja Também:

O outro conceito é o que está sendo prostituído por empresários, curandeiros e charlatões para vender um tratamento falso que supostamente desintoxica o organismo de toxinas que você acumulou devido aos seus maus hábitos alimentares e de vida. Um corpo sadio possui órgão responsáveis pela desintoxicação do organismo, como rins, fígado, a pele e até os pulmões.

Recomendamos para você:  12 de Maio – Dia Internacional da Enfermagem

E a indústria do “detox” é implacável: Existem chás, ervas, sais para banho, shampoos, géis, seções de Yoga, massagem, e muito mais. Tudo afirmando desintoxicar o seu organismo. Mas a verdade é que nenhum deles consegue provar cientificamente o fundamento por trás do nome. Um estudo de 2009 perguntou para produtores de 15 produtos ditos “detox” qual era o embasamento científico por trás do nome, e não surpreendentemente, nenhum fabricante conseguiu justificar baseado em fatos e dados que seu produto realmente desintoxicava o organismo das pessoas.

Mas então não existem alimentos desintoxicastes?

A resposta é não! A história verdadeira não bem como estão vendendo por ai.  Vamos pegar o brócolis como exemplo, considerado um “superalimento” “detox”. O brócolis realmente ajuda o fígado, mas ao contrário da imagem de superpoderoso que seu apelido “superalimento” sugere, ele não é nenhum herói.

Ele, como com todos os couve – brotos alimentos (plantas de mostarda, repolho, etc.) contém cianeto, que são compostos altamente tóxicos. Mas o brócolis fornece um pouquinho de veneno que, assim como o álcool em quantidades moderadas, prepara as enzimas no fígado para lidar melhor com quaisquer outras toxinas.

No caso do álcool, o que acontece é o seguinte: Seu fígado quebra as moléculas de álcool em um processo de 2 fases: Primeiro as enzimas do fígado convertem o álcool em acetaldeído, uma substância tóxica que agride as células do fígado. Já na sequência esta substância é convertida em dióxido de carbono e água, que o organismo elimina facilmente.

Beber demais faz com que as enzimas não consigam processar todo o acetaldeído produzido, o que então agride as células do fígado. Mas em quantidade moderada pode ajudar o organismo, assim como o brócolis com o cianeto.

Então o verdadeiro “detox” somente existe com uma diversidade de hábitos saudáveis e não restringindo a dieta de um ou dois tipos de alimentos.

Recomendamos para você:  Diabetes: 7 dicas de alimentação para curtir as festas sem culpa!

O verdadeiro “detox”

Primeiro, o verdadeiro “detox” não é algo que você vai ingerir e vai eliminar as toxinas, mas sim ele vai ajudar seu próprio organismo a trabalhar de maneira correta e naturalmente eliminar o que não é utilizado. Segundo e mais importante: ele não é um alimento e sim um conjunto de bons hábitos.

Exercícios físicos (sim, sempre eles, pois são até ditos como a fonte da juventude), meditação, não fumar, beber moderadamente, ter uma dieta balanceada como por exemplo a mediterrânea, tudo isso, junto, é o que faz seu organismo trabalhar afinadíssimo e mais do que eliminando todas as toxinas adequadamente, absorver os nutrientes fundamentais para o bom funcionamento desta máquina que é nosso corpo.

O detox comercial

Tudo o que vier fora disso é comercial. Esta busca insana por dietas milagrosas é fruto da indústria do bem estar e da beleza que começou a ganhar força nos anos 70 em um mercado onde não se tem muita informação concreta dos reais benefícios das coisas.

Por isso, estes empresários utilizam-se do sentimento humano de querer pertencer e se sentir melhor e da nossa fraqueza psicológica para vender produtos e dietas ditas “milagrosas” e ganhar muito dinheiro, sem se preocupar com o mal que está fazendo na vida das pessoas.

Graças a evolução da ciência, muitos estudos estão comprovando as farsas que existem por ai e ressaltando as verdades, baseadas em fatos e dados. Por isso, sempre ouça pessoas especializadas e atualizadas, conectadas com as mais recentes pesquisas e mesmo assim, não acredite em milagres. Pergunte, questione, busque informação.

Somente assim conseguiremos evoluir em conhecimento e dar valor para o que realmente agrega para nossa sociedade e para nós como indivíduos.

Recomendamos para você:  Dr. Richard Smith: “Morrer de Câncer é a melhor morte.”

Neste sentido, o RAIS busca passar informações baseadas nos estudos mais recentes sobre saúde. Fique ligado por ai para saber mais!

Veja Também:

Consultas:

  1. The Guardian

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

CEO da Rais Saúde e da Connect HealthCare.
Técnico em Alimentos pelo CEFET-PR (99), Engenheiro Eletricista pela UDESC-SC (2009), MBA em Gestão empresarial pela FGV (2013), Trainee e 5 anos de experiência com Gestão de Projetos e Pessoas pela indústria de linha branca (2009-2014). Curioso em programação, blogs e sistemas e tudo que envolva Startups (minha fase atual profissional).

Atleta desde pequeno, apaixonado por basquete (já fui atleta semi-profissional na juventude), por academia e corrida (mas adoro esportes em geral) e música (toco meu violãozinho meia boca).

Também gosto de ciência (de onde viemos e para onde vamos) e neurociência, meditação e sempre curioso sobre como deixar nossa máquina “corpo humano” mais afinada e obter a melhor performance para o nosso dia-a-dia.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários