Vitamina B12: Porque ela é importante e onde encontrar

Ela é conhecida como cobalamina e é uma vitamina solúvel em água. Entenda porque a Vitamina B12 é importante para a sua vida.

12/01/2015

rais-data-vitamina-b12-

A vitamina B12 é crucial para várias de nossas funções vitais bem como para a saúde do sistema nervoso, glóbulos vermelhos e DNA. Ela possui uma função principal fornecendo um grupo metil para ligação com algumas toxinas, processo fundamental para desintoxicação do organismo.

Para os vegetarianos, ele é bem conhecida uma vez que é uma vitamina que não se encontra nos vegetais nas quantidades e formas desejadas, sendo que eles precisam necessariamente de suplementação.

Ela é conhecida como cobalamina e é uma vitamina solúvel em água. Ela se apresenta de várias formas, sendo que as mais comuns são a cianocobalamina  e a metilcobalamina (Metil-B12). Para que nosso corpo consiga utilizá-la ela precisa estar na forma da metil-B12.

Porém a forma mais encontrada nos alimentos é a Ciano-B12. Existe um gene que é responsável pela transformação da ciano-B12 em Metil-B12, mas muitas pessoas possuem uma mutação neste gene, não conseguindo assim fazer esta conversão e tendo que administrar suplementação com ­Metil-B12, ácido fólico e vitamina B6.

Veja Também:

Sintomas da deficiência de vitamina B12

Alguns dos principais sintomas da deficiência da vitamina B12 são:

  • Fraqueza, fadiga ou baixo consumo de energia
  • Coloração amarela nos olhos e na pele
  • Falta de ar
  • Palpitações cardíacas
  • Perda de apetite
  • Perda de peso excessiva
  • Ferida na língua com aparência vermelha
  • Problemas digestivos, como diarreia ou prisão de ventre
  • Contusões frequentes ou sangramento
  • Anemia

Caso a deficiência de vitamina B12 seja ignorada e não seja tratada adequadamente, ela pode afetar todo o corpo, levando a danos cerebrais permanentes e danos ao sistema nervoso. Às vezes, as deficiências de vitamina B12 podem ser negligenciadas e diagnosticadas como outras doenças como o mal de Alzheimer, esclerose múltipla, transtorno bipolar, autismo, e alguns tipos de câncer. Alguns sintomas de avanço da deficiência são:

  • Dormência e formigamento nas mãos e pés
  • Dificuldade para caminhar
  • Fraqueza muscular
  • Irritabilidade e problemas de humor
  • A perda de memória
  • Demência
  • Depressão
  • Psicose

Melhores fontes de vitamina B12

Nosso organismo não produz a vitamina B12 naturalmente, por isso precisamos obtê-la através de uma dieta equilibrada, que é o mais recomendado ou suplementação, apenas em caso de deficiência crônica ou no caso de dietas vegetarianas.

Recomendamos para você:  Feliz Ano Novo: 6 dicas para fortalecer sua saúde mental em 2018!

Um adulto médio necessita de 2,4 microgramas por dia, e as melhores fontes alimentares de vitamina B12 são produtos de origem animal, tais como:

  • Carnes (carne vermelha, peixes e aves)
  • Ovos
  • Derivados de leite

Alguns exemplos de alimentos e suas necessidades diárias

  • Fígado (80% da necessidade diária)
  • Ostras (100g possuem 570% da necessidade diária)
  • Carne bovina (100g de bife possuem 40% da necessidade diária)
  • Ovos e derivados (1 ovo possui 10% da necessidade diária)
  • Leite e derivados (1 copo possui 15% da necessidade diária)
  • Peixes (100g de Truta tem 40%, 100g de Salmão tem 50%, 100g de Atum tem 15%)
  • Cereais enriquecidos
  • Manteiga e margarina
Leite e derivados, carnes, ovos e peixes são fontes de vitamina B12

Leite e derivados, carnes, ovos e peixes são fontes de vitamina B12

Fontes de vitamina B12 vegetarianas incluem leveduras nutricionais e algas, e também a soja (onde se apresenta inativa – não sendo própria para absorção) mas estudos têm mostrado que essas fontes têm pouco ou nenhum efeito sobre os níveis sanguíneos de vitamina B12, sendo preferível a suplementação para os vegetarianos.

Além das fontes de procedências animal, existem algumas outras formas de obtenção da vitamina B12:

Consumir um suplemento oral de alta dose de metilcobalamina (metil-B12)

Esta opção é uma obrigação para aqueles com mutações no gene MTHFR. Isso também é recomendado para vegetarianos, idosos e qualquer outra pessoa com baixos níveis de B12. Ao olhar para os suplementos de vitamina B12 nas lojas, certifique-se de que ele possui a vitamina na forma de metilcobalamina em vez de cianocobalamina. Metil-B12 é a melhor forma para o corpo utilizar tendo assim o maior impacto sobre seus níveis de vitamina B12.

Metil-B12 sublinguais

Um suplemento de B12 sublingual é recomendado para aqueles com Crescimento pequeno da flora intestinal ou outros problemas que afetam a absorção intestinal.

Recomendamos para você:  O que o seu candidato irá fazer pela saúde?

Injeções de B12

Estas são recomendadas para aqueles com anemia perniciosa ou níveis de B12 gravemente baixos. Metil B12 pode ser injetada diretamente no tecido muscular para acelerar a absorção e reposição de massa muscular.

Veja Também:

Causas comuns da deficiência de vitamina B12 :

A absorção, assimilação e metilação da vitamina B12 é um processo muito complexo, o que deixa muitas oportunidades para erros. Por esta razão, mesmo aqueles que consomem quantidades suficientes de vitamina B12 na dieta podem ter ainda uma deficiência de vitamina B12 funcional. Algumas causas de deficiência de vitamina B12 são:

  • Dietas vegetarianas sem suplementação
  • Mutações no gene MTHFR
  • A anemia perniciosa
  • Doenças auto-imunes, tais como lúpus eritematoso sistémico
  • Inflamação intestinal devido a Doença de Crohn ou doença celíaca
  • Consumo excessivo de álcool e tabaco
  • Crescimento pequeno da flora intestinal e intestino solto
  • Baixos níveis de ácido do estômago pelo uso prolongado de medicamentos redutores da acidez estomacal
  • Cirurgias bariátricas
  • Medicamentos como neomicina, colchicina e ácido aminosalicílico e metformina

Como testar a deficiência de B12:

Hemograma completo (CBC)

Este teste, quando apresenta o resultado com a concentração muito alta de glóbulos vermelhos, pode indicar anemia megaloblástica, que é causada pela deficiência da B12 e / ou ácido fólico. Neste teste não é levado em conta se o corpo é capaz de utilizar a vitamina B12 disponível no sangue (não detecta a deficiência genética no gene MTHFR).

Recomendamos para você:  Quais os melhores alimentos para o consumo no verão.

Teste genético MTHFR

Quanto maiores as mutações que se tem nesse gene, mais é exigido vitamina B12, ácido fólico e vitamina B6 para a desintoxicação e bom funcionamento do corpo. Estima-se que aqueles com uma mutação diminuem sua capacidade de metilato em 30% e aqueles com duas mutações podem diminuir sua capacidade de metilato em até 70%, o que torna praticamente impossível obter níveis adequados de vitamina B12 apenas a partir da dieta, sendo necessário suplementações.

Teste de homocisteína

Níveis muito baixos ou elevados de homocisteína no sangue podem indicar deficiências de vitamina B12, ácido fólico ou vitamina B6.

Teste de ácido metilmalônico

Este teste mede a quantidade de vitamina B12 armazenada nos tecidos, o que faz com que seja mais específico para a deficiência de vitamina B12 do que os outros testes sanguíneos.

Teste de ácido orgânico

Este é um teste frequentemente pedido por um médico de Medicina Funcional para determinar o quanto o indivíduo consegue utilizar a vitamina B12 disponível no organismo.

Como faço para tratar a deficiência de B12?

Se alguns dos sintomas forem identificados você deve procurar imediatamente um médico para o tratamento adequado. A nível de informação abaixo estão algumas das formas de tratamento para a deficiência de vitamina B12:

  • Otimizar a nutrição
  • Curar o intestino
  • Verifique genes MTHFR e suplemento, se uma ou mais mutações
  • Teste CBC (hemograma completo)
  • Pergunte ao seu médico para executar teste de ácido orgânico
  • Suplemento se necessário
Fontes:

Para Você

As informações aqui fornecidas, não devem substituir o aconselhamento médico ou de qualquer outro profissional qualificado. Elas são de responsabilidade do seu autor e não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento de seu médico ou profissional da área de saúde para maiores esclarecimentos. Não interrompa o tratamento e/ou indicações médicas.

CEO da Rais Saúde e da Connect HealthCare.
Técnico em Alimentos pelo CEFET-PR (99), Engenheiro Eletricista pela UDESC-SC (2009), MBA em Gestão empresarial pela FGV (2013), Trainee e 5 anos de experiência com Gestão de Projetos e Pessoas pela indústria de linha branca (2009-2014). Curioso em programação, blogs e sistemas e tudo que envolva Startups (minha fase atual profissional).

Atleta desde pequeno, apaixonado por basquete (já fui atleta semi-profissional na juventude), por academia e corrida (mas adoro esportes em geral) e música (toco meu violãozinho meia boca).

Também gosto de ciência (de onde viemos e para onde vamos) e neurociência, meditação e sempre curioso sobre como deixar nossa máquina “corpo humano” mais afinada e obter a melhor performance para o nosso dia-a-dia.

Ajude a Rais!

Contribua para que possamos continuar a promover uma vida saudável para cada vez mais pessoas.

Receba mais saúde por e-mail.

Comentários